Asas e Flaps

Airbus Helicopters tem aumento significativo de vendas em 2018

 

Airbus Helicopters garantiu garantiu 15 pedidos para a nova geração H160. Crédito:  Thierry Rostang

Marignane, 24 de janeiro de 2019 –  A Airbus Helicopters entregou 356 aeronaves de asa rotativa e registrou 413 pedidos brutos de helicópteros (líquidos: 381) em 2018 (um aumento com relação aos 350 pedidos brutos realizados em 2017), mantendo a sua liderança no mercado civil e parapúblico enquanto reforça a sua posição no mercado militar graças as bem sucedidas campanhas internacionais. A empresa também registrou 148 pedidos para helicópteros leves bimotores da família H135/H145 e garantiu 15 pedidos para a nova geração H160. Ao final do ano passado, o acumulado geral subiu para 717 helicópteros.

 

“Nossa performance comercial em 2018 demonstra a resiliência que desenvolvemos como empresa para nos ajudar a operar em um ambiente que ainda é desafiador”, afirmou Bruno Even, CEO da Airbus Helicópteros. “Mesmo o mercado civil e parapúblico ainda sendo baixo em todo o mundo, conseguimos manter a nossa liderança global graças ao nosso portfólio de produtos e serviços amplo e moderno e à nossa área de operações internacional. Enquanto isso, ampliamos a nossa fatia de mercado no setor militar ao garantir grandes contratos com importantes forças armadas do mundo, oferecendo as melhores soluções. Essas tendências positivas permitem que nos preparemos para o futuro e sigamos em frente com a nossa transformação, com a inovação como foco e a lealdade ao cliente em mente.”

 

Em 2018, a Airbus Helicopters entregou o primeiro de 100 H135s para a China, em Qingdao, onde uma linha de montagem final dedicada atenderá à demanda cada vez maior do mercado chinês para helicópteros civis e parapúblicos. O Serviço de Voo do Governo de Hong Kong, enquanto isso, recebeu os primeiros H175s com configuração de serviço público.

 

O ano passado também foi bem-sucedido para a família Super Puma, que demonstrou sua versatilidade ao ser selecionada em importantes campanhas militares ao mesmo tempo em que atraiu novos clientes civis e parapúblicos com aeronaves H225s usadas anteriormente pelo mercado de petróleo e gás. O ano de 2018 também foi bastante positivo para o NH90, que recebeu pedidos de 28 unidades no Catar e foi escolhido pela Espanha, com um pedido pós-vendas de 23 unidades.

 

Importantes marcos desse programa foram alcançados em 2018, incluindo o lançamento e os testes do demonstrador de tecnologia de decolagem e aterrisagem vertical elétrico (eVTOL) CityAirbus em preparação para seu primeiro voo, que deve acontecer no início de 2019. O primeiro H160 produzido em série iniciou testes de voo em 2018, enquanto o demonstrador de sistema aéreo não tripulado VSR700 realizou seus primeiros voos não tripulados no final do ano.

Recomendado para você