Beleza e Saúde

Marmanjos turbinam corpo com silicone


Ryan Reynolds (FOTO) conquistou contorno corporal perfeito malhando. Agora quando os exercícios físicos não dão mais resultado, entram as próteses de silicone.

É indiscutível, os homens estão cada vez mais vaidosos e já respondem por 30% dos pacientes nos consultórios de cirurgia plástica. Um crescimento de 50% nos últimos cinco anos. E estão cada vez mais ousados e buscam a ajuda do bisturi não apenas para realizar cirurgias no nariz, nas orelhas ou pálpebras.
Na busca pelo corpo “sarado”, a febre entre os poderosos da testosterona é colocar silicone!!! As próteses mais procuradas são para realçar o tórax, as panturrilhas e, imagine, os glúteos, apesar de existir ainda uma ponta de preconceito machista. A mania ganhou força de uns quatro anos para cá, quando as próteses ficaram mais seguras e a colocação apresentou boa fixação, segunda informações da Silimed, empresa que produz implantes de silicone na América Latina.
O cirurgião plástico Manuel de Sales (CRM 7052), membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, conta que as próteses ficam protegidas, atrás da gordura ou do tecido molecular, e as cicatrizes, uma das maiores preocupações dos homens, escondidas atrás das dobras. “Os homens buscam por resultados o mais natural possível”, conta. É que eles fazem plástica, mas não gostam que ninguém saiba.
No pós-operatório, Manuel de Sales diz que os homens devem ficar de molho por 15 dias. “Recomendo repouso maior de até três meses para atividades que necessitam de esforço físico”, diz. E depois da cirurgia, o paciente também não pode fumar ou ingerir bebidas alcoólicas e seguir uma dieta equilibrada, repouso e fazer drenagem linfática. E que fique bem claro, a colocação das próteses é para conquistar melhor contorno corporal que, muitas vezes, não se obtém malhando todos os dias, durante horas na academia. Jamais substitui os resultados obtidos com muita malhação. “Ou seja: a plástica é um complemento”, alerta Manuel.