Beleza e Saúde

Cirurgião plástico Ageu Brasil fala sobre cirurgias plásticas em adolescentes

2802CS2505

Em contra partida a faixa etária entre 40-54 anos ter se transformado na idade da cirurgia plástica, o cirurgião plástico Ageu Brasil (CRM 3578/ RQE 3085), que a partir de março vai atende na Clínica Grace Leitão, comenta o aumento de cirurgias plásticas realizadas em adolescente, no Brasil.

Uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica revelou que de quatro anos para cá, as cirurgias plásticas, realizadas em pacientes entre 14 anos e 18 anos, aumentaram 141%. No total de todas as cirurgias plásticas feitas no Brasil, os adolescentes já respondem por 10% do total. Uma verdadeira explosão!

ROBERTA FONTELLES PHILOMENO – A que se deve esse elevado aumento da procura de cirurgias plásticas pelos adolescentes?

AGEU BRASIL – O aumento da exposição da imagem nas redes sociais (os adolescentes se vendo a toda hora nas selfies e vídeos), o bullying sofrido na escola, um maior acesso e segurança nos procedimentos contribuíram e muito para a procura pelas cirurgias.

RFP – A realização de uma cirurgia plástica pode mexer com a auto-imagem dos adolescentes e confundi-los ainda mais?
AB – A adolescência é, por si só, um período conturbado na cabeça dos indivíduos, devido às transformações físicas, mentais, sexuais e sociais, sendo a indicação cirúrgica uma complicação a mais. Por isso, as opiniões dos cirurgiões plásticos e psicólogos, muitas das vezes, contrapõem-se e a decisão tem de ser muito bem discutida.

RFP – Os cirurgiões plásticos e os psicólogos divergem muito?

AB – De um modo geral, nós, cirurgiões plásticos, defendemos a indicação cirúrgica pelo fato de o procedimento resolver o problema da auto-estima, melhorando a qualidade de vida do paciente. Já os psicólogos acham que o procedimento precoce funciona como uma queima de etapas, atrapalhando o amadurecimento natural do indivíduo.

RFP – E o bullying é levado em consideração nessa decisão?

AB – Diferenças à parte, existe um consenso entre os profissionais que é o bullying sofrido por muitos adolescentes na escola, principalmente. É que esses adolescentes têm um tipo físico que foge do padrão de beleza definido pela Mídia, como a popular orelha de abano, nariz muito grande…

RFP – Quando a cirurgia não é indicada?

AB – A indicação cirúrgica deve ser criteriosa e não pode deixar de atender aos pacientes quando os defeitos ou alterações são significativos e notórios. O procedimento é contra indicado quando observamos no pacientes a banalização ou mesmo um distúrbio da auto-imagem. Nesse último caso, devemos solicitar a ajuda de um psicólogo.