Beleza e Saúde

CONHEÇA A CLINIVITTA, NA REGIÃO DO CARIRI, E DESCUBRA QUE A SAUDE NÃO CUSTA CARO

Alexandre Tavares, sócio proprietário da Clinivitta, em Juazeiro do Norte (CE)

1 – Quando o assunto é saúde, pouca gente sabe, mas as opções não se limitam somente ao serviço público, plano de saúde e consultas particulares a preços altos. Na Região do Cariri, existe uma opção bem em conta para quem não pode esperar muito nas filas do Sistema Único de Saúde (SUS) ou não quer ou não pode pagar mensalidades dos planos de saúde, nem consultas caras.

2 – Essa é a proposta da Clinivitta, que há quase três anos oferece um serviço de alto padrão, em Juazeiro do Norte, e já realizou mais de 30 mil atendimentos, em pacientes das classe B e C, com pinceladas da A e C.

3 – Hoje, a clínica conta com 17 especialidades e realiza exames e pequenos procedimentos e também tem em sua essência a responsabilidade social. “Todos os meses, trabalhamos uma cor que corresponde a um tipo de enfermidade. Neste mês é o Março Pérola, que chama atenção das mulheres para o câncer do colo do útero”, diz Alexandre Tavares, sócio proprietário da Clinivitta.

4 – Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer do colo do útero é uma doença demorada que pode levar de 10 a 20 anos para o seu desenvolvimento e é o segundo tumor mais frequente entre as mulheres, perdendo apenas para o câncer de mama.

5 – Alexandre Tavares entende que é preciso fazer um trabalho junto a comunidade. Informação é saúde, é vida. Por isso, uma vez na semana a Clinivitta envia uma equipe composta por médico e técnicos para realizar pequenos exames nas comunidades carentes e realizar palestras preventivas.

6 – “Somos sim uma empresa privada, mas não podemos esquecer o papel social que temos, dai tamanha responsabilidade social que nós temos, afinal trabalhamos com saúde e temos a obrigação de oferecer não só uma saúde de qualidade, mas também informação para os nossos clientes ou não. Daí veio a ideia da campanha das cores bem como as palestras explicativas e outros projetos que estão por vir”, destaca Alexandre.