Beleza e Saúde

BELEZA ÍNTIMA – Ginecologista Liane Dayse recomenda o Monalisa Touch para o rejuvenescimento íntimo

Além do envelhecimento da pele da face, outra área do corpo que tem chamado a atenção das mulheres para os efeitos do passar do tempo, é a região íntima. Para falar sobre isso, é preciso perder a vergonha e reconhecer que a pele da vulva também envelhece e vai perdendo colágeno e elastina. Com isso, surge flacidez, a lubrificação pode ficar ruim, prurido vulvar, pode surgir o ressecamento, incontinência urinária e até dor durante as relações sexuais.

A boa notícia para quem se preocupa com a fisiologia genital, é que existe o laser Monalisa Touch. A ginecologista Liane Dayse (CRM 7270), pós-graduada em Estética, diz que o procedimento está entre os mais avançados de rejuvenescimento íntimo feminino no mundo. “O laser estimula a produção de colágeno e elastina, melhorando a funcionalidade da área tratada e restaurando o fluxo apropriado de sangue”, explica.

2904CS2504
O laser Monalisa Touch é uma das técnicas mais avançadas para manter o aspecto jovem, na região íntima feminina

São realizadas três sessões, de 30 em 30 dias, para o rejuvenescimento da região e normalização da fisiologia das paredes vaginais, deixando as mulheres mais seguras.
“Depois de 21 dias do procedimento, as pacientes relatam a melhora da vida sexual e até da incontinência urinária”, conta.

É um procedimento seguro e minimamente invasivo, capaz de restaurar o tônus tissular e aumentar o fluxo sanguíneo e a lubrificação vaginal. “A indicação é para pacientes menopausadas, pós-parto, pacientes oncológicas submetidas à rádio ou à quimioterapia…”, explica a ginecologista. O método Monalisa Touch trata esses distúrbios, mantendo, assim, a saúde e um aspecto mais jovem na região íntima feminina.