Beleza e Saúde

OS MELHORES APARELHOS PARA ESTE FIM DE ANO!!!

Khloe Kardashian é apaixona pela Fotona 4D

São tantos aparelhos nas clínicas de estética, neste fim de ano, que estão causando uma confusão em muita gente. É comum confundir Ultraformer III, com Ulthera, que já está no mercado há um tempo, o CoolSculpting com os equipamentos tradicionais de criolipólise. E para que serve o poderosíssimo Fotona 4D (TUDO!!!)? Contando os dias para o laser desembarcar em Fortaleza.

No meio dessa confusão (até eu, às vezes, fico meio tonta, sabe!?), resolvi abordar quatro dos principais procedimentos que fazem mesmo a diferença e que valem a pena você investir o seu dinheirinho abençoado, porque alguns deles a sessões custa a partir de R$ 5 mil. Um investimento e tanto, quase uma cirurgia plástica.

FOTONA 4 D – IMBATÍVEL

Sem sombra de dúvida, o Fotona 4D é o aparelho mais poderoso do momento. Não tem o que discutir. A técnica é uma revolução no estímulo e renovação celular. Atua diretamente na produção de colágeno, melhorando visivelmente a flacidez profunda e o contorno facial.

O aparelho pode ser aplicado em qualquer tipo de pele, é rápido, indolor e sem tempo de recuperação. A técnica cuida da pele em 360º: promove estímulo celular intenso e renovação, atua na flacidez profunda e no contorno facial, além de trabalhar a textura e a cor da pele.

 

Tudo ao mesmo tempo – O Fotona 4D trabalha desde o colo, passando pelo pescoço e face até a fronte, na região anterior ao couro cabeludo que dá um lifting imediato “PÁ”! O objetivo é aquecer a área tratada em diferentes profundidades, incluindo as camadas musculares, o tecido subcutâneo e a derme. Tudo ao mesmo tempo agora, do jeitinho que a gente gosta.

FOTO DIVULGAÇÃO

Lábios realçados com a manobra Fotona inside out

Imbatível – O que chama mais atenção no Fotona 4D é a manobra chamada de “Fotona inside out”, feita dentro da boca, estimulando colágeno de dentro para fora. Como resultado, provoca uma elevação nos lábios imediatamente (daí uma das razões da boca escândalo padrão Kardashian, apaixonadas pelo procedimento) e achatamento dos sulcos nasolabiais, o famoso “bigode chinês”.

Dermatologista Viviane Martins indica o Ultraformer III contra a flacidez

ULTRAFORMER III

“Trabalha a flacidez facial e corporal em todas as camadas da pele e músculos e a gordura também”, diz a dermatologista Viviane Martins, da clínica Derme & Laser, do complexo Haim Erel. Estamos falando do Ultraformer III, um aparelho capaz de dar ao rosto o efeito de bichectomia (cirurgia plástica de remoção da gordura da região da bochecha, conhecida como bola de bichat) sem cortes, afinando e delineando as maçãs da face.

 

Plástica sem corte – O aparelho é uma evolução do ultrassom que combina as tecnologias micro focada (usado na face para promover o efeito lifting, melhorando a aparência de linhas e rugas) e macro focada (indicado para redução de flacidez e gordura corporal). No corpo, o equipamento é perfeito para trabalhar a flacidez e a gordura localizada em áreas pequenas, dando o acabamento que tanto precisamos.

COOLSCULPTING

O congelamento de gordura CoolSculpting, desenvolvido pela Universidade de Harvard, é um tratamento líder na redução de gordura em única sessão não cirúrgica. Ele usa resfriamento controlado para eliminar a gordura resistente, que é difícil de tratar, mesmo com dieta e exercícios.

Foco na gordura – As células adiposas tratadas são cristalizadas (congeladas), destruídas, e, com o tempo, o corpo processa naturalmente a gordura e elimina essas células mortas. Um procedimento excelente para afinar a cintura, o abdome, culote, braços, papada.

A dermatologista Kaline Ferraz diz que o aparelho trabalha praticamente sozinho. “Medimos a gordura da região a ser tratada, colocamos a manopla no local que desejado, apertamos o play e o CoolSculpting destrói a gordura. O aparelho analisa o nível de gordura e faz a sua destruição. O local é resfriado, mas não é criolipólise. É um procedimento indolor e não invasivo”.

 

ULTHERA

Um aparelho focadíssimo no tratamento da flacidez de pele e dos músculos da face e regiões do pescoço e do colo. O Ulthera trabalha emitindo energia de ultrassom microfocado na mesma camada da pele que o cirurgião plástico trabalha, mas como o tratamento não é invasivo, ou seja, não há cortes, não há a necessidade de tempo de recuperação.

 

Adeus flacidez – Durante o procedimento, são utilizadas três ponteiras: uma que atua na fáscia muscular (até então só tratada na cirurgia plástica), a segunda na derme e a terceira na camada mais superficial eliminando as rugas finas. “É a energia do ultrassom que cria o estímulo para que o organismo produza novas fibras de colágeno e fortaleça as já existentes. Apresentando, assim, resultados naturais e duradouros”, explica a fisioterapeuta dermatofuncional Mirlene Borges.