Blog do Leão

Memória de Leão – Talento e coração

140 12

Amigos, hoje no “Memória de Leão” vamos lembrar um título inesquecível. Tive o prazer de ter o campeonato de 1982 como o primeiro que acompanhei, e agora divido com vocês um pouco da emoção sentida naquele ano. Assim como em 2000, estávamos há 7 anos sem conquistar o estadual, o time formado pelo presidente Silvio Carlos era muito bom, venceu o 1o. e 2o. turnos e o Ferroviário do ponta Jorge Veras impediu o título arrastão vencendo o 3o. turno. No jogo final que poderia valer o título do Leão, o Ferrim venceu por 1×0 e forçou mais dois jogos: o primeiro foi 2×2 e o segundo e decisivo jogo foi esse baile que podemos ver agora: 4×0.

O detalhe interessante deste jogo fica por conta do saudoso treinador Moésio Gomes, na época, já com duas pontes de safena. Ele passou mal no início do jogo,  foi levado para o Hospital de Messejana e só ficou sabendo que foi campeão quando o médico que o atendia falou o resultado do jogo.

FORTALEZA 4 x 0 FERROVIÁRIO
Data: 12/12/1982
Campeonato Cearense
Local: Estádio Plácido Castelo
Público: 39.755 pagantes
Renda: Cr$ 11.252.950,00
Gols: Adilton 14, Roner 41/1º Adilton 20 e 35/2º
Árbitro: Wilson Carlos dos Santos/RJ
Assistentes: Joaquim Gregório e Luiz Vieira Vilanova
Expulsão: Meinha
FORTALEZA: Salvino, Alexandre, Pedro Basílio, Chagas e Roner; Nelson, Zé Eduardo e Assis Paraíba; Geraldinho (Militão), Adilton e Edmar (Romário) / Técnico: Moésio Gomes
FERROVIÁRIO: Hélio, Jorge Henrique (Ivan), Goés, Nilo e Luizinho; Meinha, Doca e Édson; Paulo César Cascavel, Betinho (Getúlio) e Jorge Veras / Técnico: Jáber Carvalho

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Ct8dn-7CnXM[/youtube]