Blog do Leão

…o centroavante, o mais importante…

294 19

Rinaldo, o homem-raio, artilheiro e ídolo

O título deste post foi inspirado na frase de Samuel Rosa que mais cheira a gol na música “É uma partida de futebol”. O jogador do time que mais se envolve emocionalmente com o torcedor, seja pela idolatraia ou pelo ódio. E, claro, no nosso tricolor temos muitos exemplos de camisas 9 amados e odiados.
Alguns acham que os mais antigos que vibraram com gols de Croinha, Beijoca e Luisinho das Arábias ( este último foi  o primeiro centroavante que vi jogar com a camisa do Leão) tiveram mais sorte, pois naquela época não apareciam tantos bondes pra jogar dentro da área adversária.
Em uma época rescente tivemos alguns atacantes folclóricos na arte de perder gols. Recordemos Fernando Roberto, Bugrão, Meireles, Cláudio José, Ronaldo Marques que veio do Bahia nos anos 90, Creedence, Genilson, Adriano Chuva. Até a própria torcida tricolor fazia piada com eles.

Outros tiveram passagens meteóricas, mas marcantes. São exemplos: André Balada, Rômulo, Jr Amorim, Alex Afonso e Ney Paraíba. Enquanto alguns escolhidos viraram ídolos da torcida, como Mirandinha, Silvio, Sandro, Finazzi, Vinícius e Rinaldo, só para citar alguns dos anos 90 até hoje.

E em 2012?? Será que teremos o prazer de sermos apresentados a um novo camisa 9 que mereça o rótulo de ídolo? Pela experiência de anos acompanhando futebol, posso garantir que quando isso acontece é meio caminho andado para a glória. Realmente, Samuel Rosa tem razão…