Blog do Leão

Lagosta, o prato que faltava

1036 25

Ciro Sena, o zagueiro artilheiro, fez o gol do triunfo tricolor

O Trairiense, conhecido como lagosta atômica, era o único adversário que faltava para o tricolor vencer todos os times do campeonato cearense na temporada 2012. Havia uma época em que reclamávamos das vitórias de virada em cima da hora, depois vieram as goleadas e agora chegou a temporada das vitórias suadas por 1×0. Ou seja, são vitórias para todos os gostos. A verdade é que este conjunto de variados tipos de vitórias deixou o Leão com uma liderança folgada, oito pontos à frente do vice-líder Horizonte.
O futebol apresentado contra o Trairiense não foi um primor, mas deu pro gasto. Os laterais Rafinha e Guto não tiveram a objetividade dos jogos anteriores, Geraldo complicou lances fáceis, e o ataque formado por Jailson e Marquinho careceu do entrosamento necessário para concluir as jogadas. Porém, o bom zagueiro Ciro não só deu conta do recado na defesa do Leão, como também foi para o ataque marcar o gol da vitória tricolor.
O Fortaleza faz agora duas partidas longe da torcida: quarta-feira em Teresina contra o Comercial-PI pela Copa do Brasil e domingo, dia 11, vai a Juazeiro enfrentar o Guarani.

FORTALEZA 1X0 TRAIRIENSE

FORTALEZA: Lopes; Rafinha, Cléber, Ciro Sena e Guto; Leandro, Lucas (Marielson), Careca (Jefferson) e Geraldo; Jailson e Marquinho (Esley). Técnico: Nedo Xavier

TRAIRIENSE: Aloísio; Wescley (Júnior Moura), Cícero César, Welton e Mica; China, Tita, Stênio (Jorge Luis) e Cleiton; Joãozinho (Kiko) e Alex Paraíba. Técnico: Milton Fernandes

Árbitro: Joaquim Webesther
Assistentes: Thiago Brígido e Rogério Ramos
Cartões amarelos: Stênio (T), Cléber (F), Cícero César (T), Cleiton (T), Alex (T), Ciro (F), Leandro (F)
Cartão vermelho: Alex Paraíba (T)
Gol: Ciro Sena (aos 17min do 1ºT)
Renda: R$ 161.674,00
Público pagante 9.827 (956 não pagantes)