Blog do Leão

Fortaleza 3×2 ASA – A sirene do recreio

1541 45
Leão vence o ASA de olho na 2a fase. Foto: Assessoria Fortaleza

Leão vence o ASA de olho na 2a fase. Foto: Assessoria Fortaleza

Acabou-se a brincadeira. Foi bom, foi divertido, parabéns ao Marketing pela promoção que fez a alegria de centenas de crianças, foi realmente brilhante.
Jogo sem stress, time classificado em primeiro e mesmo sem fazer forças, não deixou o desesperado ASA conseguir seu objetivo. Estréia do belíssimo terceiro uniforme.
Por falar em estréia, Wellinton Bruno deixou boa impressão, pois nos poucos minutos que esteve em campo fez mais que muitos que tentam ano inteiro. Enfim, o Leão acabou a 1a fase como líder geral da competição.
Beleza. Mas agora tocou a sirene. Fim do recreio!
Começa daqui a 15 dias o Campeonto Brasileiro da Série C – Parte II. Aí sim, inicia tudo do zero, um campeonato curto de 180 minutos. E sem essa de dizer que esse tal mata-mata é nosso trauma. Nós só perdemos UMA vez nesta fase nos quatro anos de Série C. Nosso trauma era, na verdade, a primeira fase, pois foi nela que ficamos nas outras 3 vezes.
Ficou definido nosso adversário: o Macaé do Rio de Janeiro. O Macaé vai para o terceiro mata-mata seguido, em 2012 perdeu o acesso para o Paysandu e em 2013 para o Sampaio Corrêa, sem falar que em 2010 também já haviam perdido o acesso para o Criciúma. Se nós somos traumatizados com mata-mata, imagine eles…

Duas semanas para ajustes e preparação. Estamos no rumo.
A bola é sua, professor Chamusca

 

Fortaleza 3×2 ASA

Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra/SP

Renda: R$ 119.636,00
Publico pagante: 10.432 (1.339 não pagantes)
Público total: 11.771

Gols: Fortaleza – Edinho (aos 10′ do 1T), Robert (aos 38′ do 1T), Wellington Bruno (aos 30′ do 2T); ASA – Didira (aos 26′ do 2T) e Alan Pinheiro (aos 47′ do 2T)

FORTALEZA
Ricardo; Tiago Cametá (Hudson), Genílson (Eduardo Luiz), Lima, Fernandinho; Walfrido, Correa, Edinho (Wellington Bruno), Marcelinho; Waldison e Robert. Técnico: Marcelo Chamusca.

ASA
Pedro Henrique, Leandrinho (Alan Pinheiro), Micael, Rodrigão e Lucas Pavone (Natan); Cal, Jorginho (Thallysson), Lucas e Didira; Alex Henrique e Wanderson. Técnico: Vica.