Blog do Leão

Botafogo-PB 2×2 Fortaleza – A la Cassiano

1470 50

 

Leão arrancou empate nos acréscimos. Reprodução: Voz da Torcida

Leão arrancou empate nos acréscimos. Reprodução: Voz da Torcida

Caros tricolores, O leão conseguia o empate até o final do jogo quando deixou o adversário tomar a frente no marcador, porém o tricolor não desistiu do jogo, e aos 47 cruzou uma bola na pequena área pro atacante fazer o 2×2 final.

Calma! não estou reescrevendo o post da final do estadual. O fato aconteceu neste domingo em João Pessoa. Mesmo com 7 ausências, o time do Chamusca não deixou o adversário continuar vivo na competição. O Botafogo fazia sua última cartada, somente a vitória deixaria o time paraibano com chances de classificação, e nesta tentativa de sobrevivência, o Belo dominou o primeiro tempo da partida, teve mais posse de bola e criou as melhores chances. E mais uma vez na temporada, o professor provou que seus comandados não se entregam facilmente, com Pio decisivo nos dois lances dos gols de Dudu Cearense e Lúcio Maranhão, o torcedor ver outra qualidade que não tínhamos nos anos anteriores: um banco de reservas.

Agora o tricolor fará a última partida da primeira fase para defender a liderança diante o Águia no Castelão. Chamusca deverá usar o time titular, já para fazer os ajustes finais antes da segunda e decisiva fase.

 

Avante, Leão!

 

Botafogo-PB 2X2 Fortaleza


Local: Estádio Almeidão, João Pessoa-PB
Árbitro: Eduardo Tomaz Aquino Valadão (GO)
Assistentes: José de Carlos Oliveira dos Santos (BA) e José dos Santos Amador (BA)
Público e renda: não informados
Gols: Gustavo (B) (12’ 2T), Dudu Cearense (F) (25’ 2T), Jó Boy (B) (41’ 2T), Lúcio Maranhão (F) (48’ 2T)
Cartões amarelos: Doda (B), Pio (F), Auremir (F), Hércules (B), Alex Bruno (B), Alex Cazumba (B), Gustavo (B)
Cartão vermelho: Max Oliveira (F)

Botafogo-PB: Rémerson, Gustavo, Alex Bruno, André Lima e Alex Cazumba; Zaquel, Hércules, Nata (Guto) e Doda; Reginaldo Júnior (Jó Boy) e Romarinho (André Cassaco). Técnico: Ramiro Souza

Fortaleza: Ricardo Berna, Genilson, Max Oliveira, Radar, Tinga, Auremir, Dudu Cearense (João Pedro), Pio, Daniel Sobralense (Bruno), Lúcio Maranhão, Adriano Martins (Vinícius Hess). Técnico: Marcelo Chamusca