Blog do Leão

A incompetência além do Horizonte

Isac teve humildade em gol e não entrou com bola e tudo no gol do Horizonte

Isac teve humildade em gol e não entrou com bola e tudo no gol do Horizonte

 

Caros tricolores, o torcedor que foi ao Domingão e não levou protetor solar teve duas torradas de quengo neste domingo de muito calor e pouca bola. A pior torrada foi na paciência do suado torcedor que sem cerveja e com o bucho cheio de marujinho não conseguiu esfriar o calor que evaporava o restinho de tolerância que tinha.

Enfrentando um adversário que tinha zero pontos na tabela e que desde do dia 15 de março de 2015 não vencia uma partida pela primeira divisão cearense, a incompetência dos responsáveis pela criação das jogadas e pela conclusão estava muito além do Horizonte de tão gigantesca. A falta de peças para compor o time titular e povoar o banco de suplentes com qualidade fazem-me dar um leve desconto na incompetência do treinador que quanto mais mexia, pior ficava. Só por causa disso não vou cravar que a incompetência dele foi além de Pacajus.

Mas sabem qual o maior temor? depois de empatar em casa na estreia do Nordestão, por força do regulamento que só classificam os melhores segundos, nos vemos na obrigação de vencer o Altos, que é tipo um Horizonte do Piauí, em Teresina. E mais: na Copa do Brasil iremos daqui a 15 dias fazer um jogo único em Santarém contra o São Raimundo, uma espécie de Horizonte do Pará. Pois bem, um fracasso duplo aí seria catastrófico para os cofres do clube e para a sequência do ano, e acontecer isso por falta de reforços que foi a pedra mais cantada das últimas semanas, aí meu amigo, vou te contar,  seria incompetência muita, podia inventar BR-116 pra encaixar no além. Guardada as devidas proporções, nove times que disputam o estadual têm seu meio e ataque compostos ( até o ex-lanterna Horizonte tem, Isac que o diga). Só UM time não tem… pois é.

Vou nem comentar sobre a quebrada de bola ontem, já bastam os noventa minutos que a coitada sofreu. Estou curioso mesmo é pra ver o que vai acontecer NESTA semana.

Saudações tricolores

 

 

Horizonte 1×0 Fortaleza

Estádio Domingão – Camp Cearense

Árbitro: Avelar Rodrigo
Assistentes: Renan Aguiar e Josivaldo Pereira

Horizonte: Fábio Lima; Robert, Caio Acaraú, Marciano e Berg; Franklin, Da Silva, César Sampaio e Felipe (Iago); Canga (Daivison) e Isac (Otacílio). Técnico: Leandro Campos.

Fortaleza: Marcelo Boeck; Eduardo (Bruno Mello), Heitor, Ligger e Allan Vieira (Cássio Ortega); Jefferson, Vacaria e Rodrigo Andrade; Juninho Potiguar (Bruninho), Gabriel Pereira e Lúcio Flávio. Técnico: Hemerson Maria.

Subs: Saem Eduardo e Allan Vieira por Bruno Mello e Cássio Ortega aos 15min/2ºT, Sai Juninho Potiguar por Bruninho aos 25min/2ºT (Fortaleza); Sai Canga por Daivison aos 35min/2ºT, Sai Felipe por Iago aos 40min/2ºT e Sai Isac por Otacílio aos 47min/2ºT (Horizonte)
Cartões amarelos: Fábio Lima, Doda e César Sampaio (Horizonte); Ligger (Fortaleza)