Blog do Leão

Fortaleza 2×2 Figueirense – Zagalexina composta 800mg

10777 18

Dodô voltou a participar bem do jogo, mas não foi suficiente para evitar o empate. Foto: Julio Caesar ( O Povo)

 

 

Caros tricolores,  desculpem a demora no post. A necessidade de tomar um diazepam no fim de noite da terça deixou o blogueiro um tanto quanto sonolento, assim meio parecido com uma zaga ali que deve tomar gol de escanteio até quando joga totó.

Rapaz, pelo amor do santo protetor do corner mal batido. Que stress desnecessário!

É constrangedor você ver o time com o placar favorável e um jogador a mais, ao invés de matar o jogo impiedosamente, entregar a rapadura daquela forma.

Cada cruzamento na nossa área é um Rivotril goela a baixo. Já adotei até como tira gosto no lugar dos amendoins. Adalberto não tem mais o mesmo vigor e quando tenta ser o Adalberto da Série C, estoura o músculo. Ligger é uma parede com pernas e seria uma boa opção de banco na Série B. Roger Carvalho desaprendeu e Jussani virou pivô.

A última partida que não levamos gol no Castelão, nem tomando todo Ômega 3 do mundo minha memória reviverá-la.

Pra completar a cantilena, no jogo que Bruno Melo está ausente e os cruzamentos para o Gustavo se concentram do lado direito, o Tinga erra somente cem por cento das tentativas. Acha pouco? então vamos esvaziar a caixa de calmante pra aguentar o Marcinho escorregando a cada lance importante que poderia resultar em gol.

Chega! senão vira overdose.

Vamos a dois jogos fora. Criciúma e Sampaio que nos aguardem.

Viva a maracujina! Arrocha, Leão!!