Blog do Leão

Fortaleza 1×2 Flamengo – VAR pro inferno!

275 13

Em partida com arbitragem aparecendo mais que os atletas, Leão perde na Arena. Foto: Leonardo Moreira/FEC

 

 

Caros tricolores, não costumo falar de arbitragem aqui. Sempre defendi a tese que arbitragem só atrapalha time ruim, quando o time é bom passa por cima até dos erros do apitador. Mas chega um momento em que a gente precisa ao menos espernear por que senão o abuso é grande.

Nesta quarta no Castelão enfrentamos um Flamengo desfalcados de uns 5 titulares num jogo que o professor Rogério desfalcou mais ainda o Fortaleza mudando 9 jogadores que é pra nem alegarem mais essa desvantagem. A propósito, eu entendi a intenção do Ceni, apesar do susto inicial na hora que foi divulgada a escalação. Provavelmente também perderíamos com os titulares e seriam estes que cairiam em campo extenuados após o apito final, como caíram os que jogaram.

Mas o juizão acabou virando personagem. Nossos reservas jogaram de igual pra igual e abriram o marcador com Bruno Melo cobrando pênalti, tudo ia bem até o apitador marcar um escanteio ridículo que todo mundo viu que foi tiro de meta. Ali se originou a sequência que culminou na marcação do pênalti com a ajuda do VAR num lance em que a bola bateu na cabeça de Quintero antes de chocar-se com seu braço. Logo depois do empate rubronegro, Edinho teve a chance de colocar o Leão na frente, mas falhou no arremate. E num lance com duas bolas em campo, o time carioca virou o jogo e fechou o placar.

Houve também um lance duvidoso na parte disciplinar. O lateral João Lucas que já tinha cartão amarelo fez falta brusca e o juizão amarelou-se em atitude.

Enfim, gostei do espírito da equipe. Que o time titular absorva a vontade demonstrada nesta quarta e que venha o Grêmio.

Simbora!