Blog do Maranhão

Nizan, os gays e os machos

Por essa, ninguém esperava. Nizan Guanaes, um dos mais influentes publicitários e dono do maior grupo de publicidade do País, usou sua coluna na Folha de S. Paulo nesta semana para lançar uma campanha nacional anti-homofobia, levantar a bandeira da causa LGBT e conclamar políticos, juízes e imprensa a aderirem à nobilíssima causa. Mal foi publicada, a coluna de Nizan recebeu seguidas – e contundentes – críticas. A surpresa é que as críticas vieram da comunidade LGBT a quem, em tese, estaria defendendo.

Os motivos da reação inusitada são vários. Mas podem ser sintetizados no título, um dos mais infelizes já cometidos supostamente em prol da luta anti-homofobia. “É preciso ser muito macho para ser gay neste país”. É com esta frase que Nizan abre e encerra seu artigo. E é nesta frase que está a chave para entender porque um homem tão hábil com as palavras e com a manipulação do desejo (lato sensu) perdeu-se no caminho entre uma partida bem-intencionada e uma chegada completamente equivocada.

“As questões da identidade de gênero há muito suplantaram estereótipos de bofinho e bichinha”

Ainda que imbuído de generosa missão, Nizan não conseguiu disfarçar que estabeleceu (e estabelece) uma relação vertical com a comunidade LGBT, por mais boa vontade que tenha. Nós aqui, vocês lá. Nós no centro, vocês periféricos. Nós, corte; vocês, séquito. O real espírito desta relação revela-se no máximo elogio possível que ele vislumbra para homossexuais e afins: reconhecer-lhes a macheza que a sociedade nega. E foi aí que o GPS do publicitário falhou.

Primeiro que, a preço de hoje, ser ‘macho’ não é elogio. O que já indica o anacronismo do pensamento norteador do publicitário. Ainda mais na comunidade LGBT, num momento em que a heteronormatividade é questionada por muitos (apesar de não sê-lo por todos, é verdade) e que as questões da identidade de gênero há muito suplantaram estereótipos de “bofinho” e “bichinha”. E, para terminar, quem disse que os gays estão interessados na tal macheza?

‘Traduzindo’ para outras situações, seria como elogiar um negro dizendo que ele “tem alma branca” (ou que é de “primeira linha”, para usar algo mais atual) ou exaltar uma mulher afirmando que “ela dirige um carro como um homem”. Não há o que duvidar do quão despropositados seriam tais ‘elogios’. Pois bem, dá-se o mesmo com a macheza para a comunidade LGBT.

É claro que é sensacional um empresário e influenciador do porte de Nizan Guanaes abraçar a causa gay. Eu diria até que apoios como este podem ser fundamentais e de grande diferencial. E eu o louvo por isto. Mas é preciso mais que olhar de fora para querer levantar a nossa bandeira. O que faltou Nizan entender é que é preciso ser muito gay para ser gay neste país. We dont need another hero, Tina Turner canta em algum lugar.

VIDAS TRANS

Será na sexta-feira da próxima semana, dia 16, o lançamento nacional do livro Vidas Trans – A Coragem de Existir. A publicação traz relatos de quatro pessoas trans sobre a decisão de serem quem desejam ser e não o que suas genitálias indicam: a doutoranda em teoria e crítica literária Amara Moira; o escritor, psicólogo e consultor em gênero e sexualidade João W. Nery; a empresária e advogada Márcia Rocha; e o modelo e estudante de Interpretação T. Brant, que também são os autores da obra. Vidas Trans tem prefácios escritos pela cartunista Laerte Coutinho e pela pesquisadora Jaqueline Gomes de Jesus, é um lançamento da editora Astral Cultural, tem 176 páginas e será vendido por R$ 35.

OUÇA ESSA

“Sou gay, não é um segredo. Não é algo que me defina. Não sou um político meio indiano, nem um político médico, nem um político gay. É simplesmente parte de mim, não é o que me define. Suponho que seja parte do meu caráter”.

AFP PHOTO / Paulo Nunes dos Santos

Leo Varadkar, novo primeiro-ministro da Irlanda, 38 anos, gay assumido.

ORGULHO GAY NA TV

O Canal Brasil preparou programação especial para celebrar o Mês do Orgulho Gay. Nas quartas e quintas-feiras de junho, na faixa das 19h e das 22h, ficções e documentários em curta e longa-metragem mostram como o cinema nacional voltou suas lentes para o assunto. Já o canal Max, do grupo HBO, reservou as terças, às 23hs, para celebrar a Diversidade Sexual neste mês. Além disso, de 14 a 17 de junho, um filme relacionado ao universo LGBT vai ao ar diariamente às 22h. Aqui, no Blog do Maranhão você confere as duas programações especiais:

http://blog.opovo.com.br/blogdomaranhao/veja-programacao-do-especial-orgulho-lgbt-do-canal-brasil/

http://blog.opovo.com.br/blogdomaranhao/confira-programacao-especial-do-canal-max-para-celebrar-diversidade-sexual/

 

FESTAS DO FIMDE

1 Hoje, sexta-feira, o California Thermas Club (rua Bárbara de Alencar, 424, Centro) realiza o Arraiá do Cumpadi Cassiano, com Tablata Fiterman e Flávia Fontenelle, a partir das 20h. Ingresso: R$ 25. Amanhã, sábado, é dia do Videokê Premiado, a partir das 18h30min. Ingresso: R$ 25. No domingo, dia 11, partir das 18h, a casa promove show do grupo Amigos do Samba. No repertório, muito forró, pagode, suingueira e axé, além de samba. Ingresso: R$ 25.

DJ Milla Mian comanda pocket after na Haus, nesta sexta

2 Hoje, sexta-feira, a boate Haus (Av. Almirante Tamandaré, 19, no entorno do Centro Dragão do Mar) realiza o Baile de Gêmeos, a partir das 23hs. No comando das pick-ups, os DJs Marcos BDR, André Ximenes e convidados + pocket after com DJ Milla Mian (FOTO). Plus: geminianos entram de graça até 0h + vinho e caipirinha liberados + dois drinques em promoção: Fergalicious e Diferentona. Amanhã, sábado, a casa recebe a festa Paradinha: Tequilada da Haus!, a partir das 23hs. No line-up, as DJs Lia Tavares, Rebe Marinho e convidados + pocket after com Eduarda Carauta.

Tati Zaqui lança novo single, nesta sexta, na Level

3 Hoje, sexta-feira, a boate Level (Rua Dragão do Mar, 218, Praia de Iracema), recebe o Baile da Tati Zaqui, a partir das 23hs. A principal atração da noite é o show da MC Tati Zaqui (FOTO), conhecida nacionalmente pelos hits Parará Tibum e Água na Boca. Completam o line-up da noite, os DJs Luiz Neto, Victor Wesley, Ana Flavia, Humberto Eric, Juan Rocha, Lia Tavares, Gabriel Carvalho, Ph Archibald, Fabio Balack, Di Soarez, Tarciso Ferreira e Amabilis Ohanna. Plus: rodadas de bebidas, drinques e itens com preços promocionais. A festa tem a promoção de Servullo Moreira e Luiz Neto. Ingresso: R$ 25 (individual), R$ 40 (clonado) e R$ 90 (camarote com direito a foto e cinco fichas de bebidas). Amanhã, sábado, a casa promove a festa Fetiche: Rebola a raba, a partir das 23hs. No comando das pick-ups, os DJs Amabilis Ohanna, Di Soárez, Edvanio Vaz, Fabio Balack, Italo Bergman, Lohan Carneiro, Ph Archibald e Sergio Klisman. Plus: rodadas de drinques e cardápio com preço promocional. Ingresso: R$ 20 (até 0h), R$ 25 (depois de 0h) e R$ 70 (camarote, com 12 fichas para bebidas). Já no domingo, 11, a boate promove o Domingão da Level, a partir das 23hs. A apresentação fica por conta de Lena Oxa, que dividirá o palco com performances de Victor Aires e Delson Lopes. No line-up, os DJs Marcelo Fort, Victor Sá, Higor, Amabilis Ohanna e Lourran Carneiro. Ingresso: R$ 15.

 

Bia Turri, Cé da Silva, Darwin Marinho e Estácio Facó, DJs do coletivo Fertinha

4 Amanhã, sábado, o Mambembe (Rua dos Tabajaras, 368, Praia de Iracema) realiza o Baile dos Crushs, a partir das 22 horas. A festa reúne as labels Fertinha e Viva La Pachanga, e traz um repertório que vai desde música brasileira contemporânea, até ritmos como salsa, cumbia, rumba, lambada, cadence, zouk e carimbó, passando por clássicos do Tropicalismo, tecnobrega, Pessoal do Ceará, groove, pop, afrobeat e indierock. No comando das pick-ups, os DJs Bia Turri, Cé da Silva, Darwin Marinho, Estácio Facó (FOTO), Canuto, Priscilla Delgado e Thiagón. Ingresso: R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia), e R$ 20 + 1 kg de alimento não perecível (solidária – ganha uma caipirinha Fogo Santo).

Cantor Paulo Freitas faz show no Dragon, domingo

5 Neste domingo, dia 11, o Dragon Health Club (av. Almirante Jaceguai, 239, Praia de Iracema, na ladeira do Centro Dragão do Mar) recebe o show do cantor Paulo Freitas, a partir das 18hs. No repertório, música popular brasileira e internacional. O evento integra a programação especial da casa em celebração ao mês do Orgulho Gay e tem ingresso com preço promocional. O Club abre as portas às 15hs, já com todos os equipamentos funcionando, e fecha às 22hs Ingresso: R$ 25.

 

Recomendado para você