Blog do Maranhão

Feminejo e Pabllo Vittar: o ‘Mulher 80’ de 2017

Trinta e oito anos depois, a Globo atualiza seu icônico Mulher 80. Ainda que o nome seja outro, o espírito é o mesmo.

Nesta versão reloaded de 2017, Saem as cantoras de MPB, entram as cantoras de “feminejo”.

No lugar da atriz Regina Duarte, protagonista, na época, da libertária série Malu Mulher, entra Juliana Paes, intérprete da mezzo bandida/mezzo arrependida Bibi Perigosa, de A Força do Querer.

Em vez de Simone, Fafá de Belém, Gal Costa, Joanna, Elis Regina, Zezé Motta, Marina Lima, Maria Bethânia, Rita Lee e
Quarteto em Cy, as convidadas agora são Simone e Simaria, Naiara Azevedo, Paula Mattos, Marília Mendonça, Maiara e Maraisa, Wanessa Camargo e Paula Fernandes.

Sinal dos tempos, Pabllo Vittar, a cantora que foi um dos maiores fenômenos do ano e não é mulher, e sim uma drag queen, é uma das estrelas que sobem ao palco para se apresentar.