Blog do Maranhão

Confira a programação do ‘I Encontro LGBTQI+ Periférico’

O Centro Cultural Bom Jardim será palco do I Encontro LGBTQI+ Periférico, que será realizado nos dias 27, 28 e 29 de setembro. O evento é um espaço de encontro, debate e fruição artística do público LGBTQI+ de todas as comunidades da periferia de Fortaleza. O encontro que foi pensado a partir  da parceria entre CCBJ, coletivo Gueto Queer e o For Rainbow, tradicional festival de cinema com a temática LGBT.  A ideia é aprofundar o debate sobre os espaços de luta que estão sendo criados pela comunidade LGBTQI+ e a  função da arte nessas lutas e como a comunidade tem refletido os constantes ataques aos direitos humanos. A programação conta com mostra de cinema, mesas redondas e apresentações artísticas.

 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO 

 

Dia 27

18h – Mostra de For Rainbow de Filmes 

Local:Cine Clube

Classificação: Livre

1 – O Melhor Amigo

Direção: Allan Deberton, 18 minutos, Ceará, 2013

Sábado, primeiro dia de férias. Lucas e Felipe decidem ir a praia.

 

2 – De que lado me Olhas

Direção: Carolina de Azevedo e Elena Sassi, 15 minutos, Rio Grande do Sul, 2014

Vivemos sob perspectivas alheias e, por vezes, sentimos não ter outra escolha senão deixar que esses olhares nos definam. Ao buscarmos nossas verdadeiras identidades, deixamos de pedir permissão para vivermos nossas essências. Ao colocarmos a nossa perspectiva em pauta, criamos um novo lado para que nos olhem. Em Porto Alegre, sete pessoas oferecem suas perspectivas sobre uma importante realidade desconversada.

 

3 – Entre lugares: A Invisibilidade do Homem Trans

Direção: Luiz Carlos Nascimento, 13 minutos, Recife, 2011

“O que seriam homens trans?” ‘Entre Lugares: a invisibilidade do homem trans’ aproxima o foco na vida de Leonardo Tenório e Luciano Palhano, dois homens – que nasceram biologicamente mulheres – que rompem com uma cultura binária ditada pelo gênero, mostrando, a partir de suas experiências, diferentes possibilidades na relação entre identidade (de gênero) e orientação sexual.

 

4 – Receita Para Trazer seu Amor de Volta

Direção: Andrei Bessa, 5 minutos, Ceará, 2009

Numa sexta-feira, uma jovem prepara uma receita para trazer a pessoa amada de volta. Essa pessoa é uma garota. De forma poética e bem humorada, o curta revela um universo encantado onde só as pessoas apaixonadas conseguem chegar. No entanto, o final revela uma forte surpresa. Será que seu amor vai voltar?

 

5 – Chanson d’Amour

Direção: Renata Prado, 12 minutos, Rio de Janeiro, 2014

Luiza se apaixona por Clara, a guitarrista da sua nova banda e compõe uma canção de amor, mas é perseguida pelo ex-namorado de Clara.

 

20h- Debate com mediação de Jon Oliveira

Local:Cine Clube

 

Dia 28

17h30 – Mesa: A Arte como espaço de luta

Com o fascismo batendo em nossa porta, os direitos sendo negados e a nossa vida sendo subtraída, precisamos cada vez mais encontrar novos espaços de luta e fortalecimento de nossas identidades. A arte como elemento transformador e formador de uma sociedade que vive um conflito ético e moral se reafirma como uma dessas possibilidades. A mesa “Arte Como Espaço de Luta”  tem o intuito de aprofundar o debate sobre a produção LGBTQI+ na periferia e como elas se tornam resistência.

Mediador: Jorge Costa

Debatedores(as): Nick Hot  e Deyse Mara

Local:Teatro

Duração: 2h30min

 

20h- Show com Stefanny Mendes

Local: Praça Central

Classificação: Livre

Stefany Mendes e idealizadora do Coletivo Polo Trans, artista multimídia, e vem com o “As faces de uma Lady” mostrar muitos de seus talentos.Com performance, cantando algumas de suas letras, interpretando momentos vividos, e palestrando artisticamente , Stefany Mendes traz ao público diversas formas de arte e vivências de uma trans na periferia a fim de transgredir, transbordar e transformar!

 

Dia 29

17h30- Mesa: LGBTQI+ Periféricos e Direitos Humanos

No país que mata um LGBTQI+ a cada 19 horas. O país que levou à morte Dandara dos Santos, Matheusa Passarelli e tantas outras, grita por humanidade. A Mesa “LGBTQI+ Periféricos e Direitos Humanos” traz a discussão sobre as constantes negações dos direitos básicos dos LGBTQI+ na periferia de Fortaleza, e no Brasil.

Mediadxr: Vitor Oliveira

Debatedorxs: David Araujo e Cristiane Faustino

Local:Teatro

Duração: 2h30min

 

20h- Performance de Dan Queen

Local: Praça Central

Classificação: Livre

Recomendado para você