Blog do Vozão

Cruzeiro 1×0 Ceará – A bola puniu e a arbitragem deu a sentença

144 22

Garfados mais uma vez (Foto: Agencia Estado)

Caros Alvinegros, no futebol existe uma máxima que diz que quem não faz leva e foi exatamente isso que aconteceu com o Vozão diante do Cruzeiro, mesmo jogando na casa do adversário, tivemos mais posse de bola e volume de jogo, finalizamos mais e fomos melhores em campo durante toda a partida, mas no futebol ganha três pontos quem faz mais gols e nesse quesito deixamos a desejar.

O Ceará foi tão superior ao seu adversário na partida, que até mesmo um empate seria considerado por mim um resultado injusto, mas no futebol, a bola pune. Se tivéssemos transformado as oportunidades criadas em gols, toda a história da partida estaria sendo contada de outra maneira.

Poderia ficar aqui justificando a derrota em cima da arbitragem tendencioso do tal Nielsen Nogueira, mas prefiro lamentar as oportunidades desperdiçadas pela equipe durante a partida, até porque ser prejudicado pela arbitragem já é fato comum para a o torcedor do Vozão, principalmente quando o adversário é o Cruzeiro, quem não lembra o jogo do ano passado em Sete Lagoas, quando também tivemos um gol anulado e um pênalti duvidoso marcado contra nós?

Apesar da derrota, uma coisa ficou bem clara, temos uma equipe forte e em condições de enfrentar de igual para igual qualquer time nesta Série A, seja jogando dentro ou fora de casa, só que fora de casa temos que nos preparar para enfrentar duas equipes, a adversária e a da turma do apito.

Agora é levantar a cabeça, focar o São Paulo, quarta-feira, pela Copa Sulamericana, atuar com a mesma postura tática, caprichar nas finalizações e torcer para que a turma do apito não entre em cena novamente.

Saudações Alvinegras!