Blog do Vozão

América-RN 1×0 Ceará – Vacilamos

317 59
Vicente foi um dos poucos que se salvou na partida (Foto: Magnus Nascimento)

Vicente foi um dos poucos que se salvou na partida (Foto: Magnus Nascimento)

Se olharmos os resultados que obtivemos nos últimos quatro jogos, percebe-se que na hora do pega pra capar deixamos a desejar. Foram três empates e uma derrota, ou seja, dos 12 pontos disputados só conseguimos três, muito pouco pra quem almeja um acesso. Tudo bem que matematicamente ainda temos chances e os mais otimistas irão dizer que ainda dá.

Com Lulinha sumido, Mota dormindo em campo, Magno Alves querendo ser o Rogerinho, pois toda bola que passava por seus pés terminava nos pés do adversário, e Ricardinho errando muitos passes, ou seja, com o quinteto que vinha fazendo a diferença e que foi peça importante na arrancada do time no returno deixando a desejar o resultado não poderia ter sido outro.

Nosso time não é de todo ruim, mas, para disputar uma competição longa como a Série B se faz necessário ter muito mais que um time, é preciso ter um elenco de qualidade, coisa que não temos. Diante do América-RN, por exemplo, quando mais precisamos dos jogadores de qualidade que temos no elenco, eles não foram capazes de corresponder nossas expectativas.

Não costumo analisar as coisas apenas pelos resultados, mas também pela produção dos jogadores dentro de campo ao longo da competição, pela qualidade do elenco, pelo que escuto nos bastidores e etc. E analisando esse conjunto de fatores percebi que a nossa principal meta deveria ser a permanência, depois de garantida, caso houvesse chances de brigar pelo acesso, aí sim, mudaria o foco, e foi isso que fiz, apesar das criticas.

Restam seis jogos, estamos a seis pontos do G4, a matemática diz que ainda temos chances, mas, que me perdoem os otimistas, pelo que o time tem produzido dentro de campo nos últimos jogos é meio complicado nesse momento ficar agarrado na matemática.

Na hora da onça beber água, ficamos sem a água, na hora do vamos ver, não vimos o que queríamos ver. Agora é bola pra frente e começar a olhar 2014.

Confira o gol da partida:

[youtube]http://youtu.be/TvcB4L1qHB0[/youtube]

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-RN 1X0 CEARÁ
Local: Estádio Nazarenão – Goianinha (RN)
Data: 26 de outubro de 2013, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Auxiliares: Márcio Luiz Augusto (SP) e Celso Barbosa de Oliveira (SP)
Cartões amarelos: Max (América-RN); Ricardinho (Ceará)
Cartões vermelhos: Édson Rocha (América-RN); Mota (Ceará)

Gol: Max, aos 36 do segundo tempo.

AMÉRICA-RN: Andrey; Norberto, Cléber, Édson Rocha e Wanderson; Adílson Goiano (Cascata), Fabinho, Coutinho e Régis; Rodrigo Pimpão (Adriano Pardal) e Max (Edvânio) – Técnico: Leandro Sena.

CEARÁ: Fernando Henrique; Marcos, Gustavo Silva, Potiguar e Vicente; João Marcos, Ricardinho, Lulinha (Dinélson) e Rogerinho (Thiago Humberto); Magno Alves (Léo Gamalho) e Mota – Técnico: Sérgio Soares.

Saudações Alvinegras!