Blog do Vozão

Uniclinic 1×5 Ceará – Culpa da bola que entrou na hora errada

134 63
Rafael Costa dessa vez não errou e marcou dois gols de pênaltis (Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)

Rafael Costa: dessa vez a bola entrou (Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)

O futebol praticado em campo foi o mesmo de sempre, frio e sem desejo de vencer, os caras pareciam estar naquela do se der deu, se não deu não tem problema, mas ainda assim, para alegria da Diretoria, dessa vez a bola entrou, o time goleou, pena que o time não se classificou.

Peço desculpas aos leitores pela ironia acima, mas é que tá difícil ter que aguentar mais um fracasso obtido em campo e ainda por cima ter que aguentar certas “perolas” vinda da diretoria, como a de que a culpa de tudo isso é da bola que teima em não querer entrar. Talvez seja a bola a responsável por contratar tantos jogadores meia boca.

A tragédia já vinha sendo anunciada com a repetição dos mesmos erros que nos levaram a decepções em competições anteriores, e até as desculpas para cada fracasso obtido parece que estou é vendo ser as mesma (estou só no aguardo).

O acúmulo de decisões tomada de forma errônea, e não sou em que diz, são os fatos, mostram o quanto quem está à frente do clube tem sido incompetente, e se o pensamento dos que comandam o clube seguir no mesmo rumo não tardará chegaremos a uma Série C da vida.

A filosofia de trabalho adotada pela atual diretoria do Vozão já mostrou não ser eficaz (os fatos novamente comprovam isso), e os resultados obtidos mostram que é preciso mudar. Insistir em uma filosofia que não tem dado certo é pedir para colher resultados negativos. Quando falo em filosofia de trabalho, me refiro ao setor do futebol.

E por falar em setor de futebol, parece que ele foi terceirizado ao Rodrigo Pastana, que tem mandado e desmandado por lá. Por mais que digam que as contratações são feitas em comum acordo entre ele, o diretor de futebol e o presidente, acredita quem quer, eu não.

As contratações feitas em sua maioria são indicações do Pastana, e querer fazer acreditar no contrário a isso, é querer fazer o torcedor de otário. Zé Mário, Nem e Raul Silva, por exemplo, sempre estiveram em clubes onde Pastana esteve como gerente de futebol. Coincidência né?

Mas para a diretoria, jogar a culpa por tudo isso no Pastana é ser injusto, pois o cara já conseguiu três acessos, e quando a bola não entra é natural que o torcedor pegue alguém pra cristo.

Pois é caros alvinegros, é pensando dessa forma que vamos acumulando fracassos e decepções. Já não bastasse o sofrimento no final do ano passado, agora temos que aguentar mais dois na atual temporada, que está apenas começando. Mas, fazer o quê, se a culpa é da bola que não entra?

Como bem disse Albert Einstein, “loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual”.

Obrigado diretoria, por nos fazer passar por mais essa vergonha!

Veja os gols da partida:

[youtube]https://youtu.be/Grff4chi8xU[/youtube]

Clique aqui e confira a ficha técnica da partida:

Acorda Vozão!