Blog do Vozão

Ceará 2×1 Náutico – Emocional sob controle

3042 63
Bill marcou mais um gol e ajudou o Vozão a vencer (Foto: Fábio Lima/O povo)

Bill marcou mais um gol e ajudou o Vozão a vencer (Foto: Fábio Lima/O povo)

E o Vozão segue fazendo como pede o figurino, vencendo em casa, garantindo para si os três pontos em disputa, acumulando pontos na competição e subindo de degrau na tábua de classificação, estando agora na segunda colocação.

Foi um primeiro tempo quase que impecável, o Vozão se impôs dentro de campo e mostrou ao adversário o tamanho da sua força, imprimindo uma marcação forte, fazendo uma transição em velocidade para o ataque, e o placar de dois a zero acabou não traduzindo o que foi a primeira etapa de partida. O time fez uma apresentação tão boa que o pênalti perdido por Rafael Costa pouco foi lembrado na resenha dos torcedores durante o intervalo.

Veio o segundo tempo e o gol do Náutico logo no inicio fez com que o torcedor alvinegro remoesse o pênalti desperdiçado na etapa final, e por alguns momentos lembrar de jornadas anteriores que não terminaram bem. Mas, foi aí que entrou em ação uma outra faceta do time que até então ainda não tínhamos visto, o equilíbrio emocional.

Mesmo tomando o gol no início da segunda etapa o time manteve-se equilibrado em campo, em momento algum mostrou desespero, controlou o jogo e poderia até ter ampliado se tivesse tido um pouquinho mais de calma quando chegava ao ataque.

Além da entrega e do espirito de luta dos jogadores em campo, apesar de geral todos terem ido bem na partida, destacarei as atuações de dois jogadores, que foram importantes para a vitória, no caso, o zagueiro Valdo e o meia Wescley.

Para não ser injusto, já que por algumas vezes o critiquei por sua teimosia e alterações desastrosas, vou bater palmas para Sergio Soares, que mostrou ser flexível em suas convicções, entendeu que era preciso mudar a forma de jogar e algumas peças na equipe, e, após isso, a equipe começou a ganhar corpo, equilibrou os três setores do time que passou a ser mais consistente, o rendimento individual melhorou e os bons resultados começaram a aparecer.

O momento é bom, isso é indiscutível, mas a competição é longa e para chegar ao objetivo é preciso manter uma certa regularidade na competição. O time ainda mostra algumas deficiências que precisam ser corrigidas, mas tenho certeza que as correções serão feitas ao longo da competição.

Chegar ao G4 não é fácil, manter-se nele é ainda mais difícil. A vitória levou o Vozão a vice liderança da competição e também garantiu sua permanência por pelo menos mais uma rodada no G4. Com os pés no chão e sem invenções poderemos chegar ao objetivo.

Cobrou-se do time quando foi preciso e o time respondeu positivamente. Agora chegou a hora do torcedor fazer sua parte comparecendo e apoiando o time dentro e fora do estádio.

Confira os melhores lances do jogo.

Clique aqui e confira a ficha técnica da partida.

Vamos que vamos, Vozão!