Blog do Vozão

O momento é de INSATISFAÇÃO

17 26
Gestão de Robinson de Castro na parte do futebol tem sido só de decepções (Foto: Mateus Dantas)

Gestão de Robinson de Castro na parte do futebol tem sido só de decepções (Foto: Mateus Dantas)

Depois da quase queda para a terceira divisão ano passado, quando o time se safou na última rodada, mais uma vez a esperança era de que, depois de tantos erros cometidos, o grupo gestor do Vozão tivesse tirado lições e aprendido, e assim 2016 pudesse ser um ano positivo, com grandes conquistas, mas o que vimos foi exatamente o mesmo filme de anos anteriores, só que dessa vez o filme foi bem pior. 

Quinto lugar no fraquíssimo estadual, eliminação precoce no Campeonato do Nordeste, humilhados na Copa do Brasil e, por fim, enganados no Campeonato Brasileiro da Série B. Esse foi o saldo do Vozão na temporada 2016, e que tem sido motivo grande insatisfação por parte da maioria da torcida do Vozão com a atual gestão do clube, que tem como comandante maior o Robinson de Castro.

Diante de tantas decepções, grupos de torcedores do Vozão se organizam para mostrar o quanto estão INSATISFEITOS com a Diretoria Executiva e com o Conselho Deliberativo do Vozão, e varias manifestações de protestos estão sendo previstas, uma delas já está em ação, no caso uma petição publica na internet pedindo a saída do Presidente do Clube, Robinson de Castro.

Confira o texto com a argumentação da petição abaixo.

Saída de Robinson de Castro do cargo de presidente do Ceará Sporting Club

Para: Conselho Deliberativo da Instituição

Nós, torcedores, solicitamos a destituição de Robinson de Castro do cargo de presidente executivo do Ceará Sporting Club.. Haja vista irresponsabilidade e a falta de conhecimentos necessários para gerir o clube, conforme as razões de fato e direito a seguir descritas mais adiante.

Fato : Conforme ao que diz no art. 55, item a, compete a Diretoria Executiva administrar o clube e zelar pelos seus bens e interesses, obedecendo as prescrições do Estatuto e Regimento interno, promovendo o engrandecimento por todos os meios que julgar adequados. Dessa forma, fica explicito o descaso do Presidente Executivo e de seus aliados a instituição a qual gerenciam de forma irresponsável. O clube acumula, desde o ano de 2015, sucessivas eliminações desde que Robinson assumiu, tais como: Campeonato Cearense, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e mais um fracasso do objetivo do acesso na Série B. Tais eliminações não se encaixam com a situação saudável financeira e recursos do Clube.

Confira a petição publica AQUI

A petição já conta com mais de 2 mil assinaturas.

A instituição Ceará Sporting Club merece respeito!