Blog do Vozão

O outro Biancucchi

1629 23
Outro Biancucchi, dessa vez o Maxi (Foto: Divulgação/Internet)

Outro Biancucchi, dessa vez o Maxi (Foto: Divulgação/Internet)

O primeiro chamava-se Emanuel, veio ano passado e foi tudo aquilo que eu já esperava, ou seja, dono de um futebol fraco, tanto que na primeira leva de dispensa do ano ele embarcou entre muitos outros. Dessa vez trouxeram o Maxi. Esse mais experiente e dono de um futebol de melhor qualidade.

Maxi Biancucchi chegou ao futebol brasileiro carregando a fama de ser primo de Messi, isso no ano de 2007 quando vestiu a camisa do Flamengo até 2009, saindo depois para jogar no futebol mexicano e paraguaio, para em 2013 retornar ao futebol brasileiro, dessa vez vestindo a camisa do Vitória e fazer uma boa temporada, no entanto, acabou protagonizou um fuzuê danado no futebol baiano ao se transferir para o Bahia no ano seguinte.

No Bahia, Maxi Biancucchi jogou as temporadas de 2014/2015, fazendo 91 jogos e marcando 19 gols. No inicio da temporada de 2016, Maxi entrou em litigio com a diretoria do Bahia e acabou rescindo seu contrato. Seu ultimo clube antes de vir para o Vozão foi o Olímpia do Paraguai, jogando apenas quatro partidas e fazendo um gol.

Em 2017 o jogador chega para o Vozão carregando no seu currículo autos e baixos em sua carreira como jogador profissional. Enquanto isso, o torcedor alvinegro torce para que no Vozão ele fique marcado pelos bons momentos.

Ao Maxi Biancucchi desejo que seja bem vido e ao Vozão desejo boa sorte.

Confira a ficha técnica do jogador AQUI.

Vozão, campeão da popularidade!