Blog do Vozão

Ceará x Atlético-MG – Mirando os três pontos

425 15

Ceará x Atlético-MG – Mirando os três pontos (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

O momento é bom, o time segue numa crescente, o torcedor está animado, o time está confiante, tudo isso é importante, mas ainda restam oito rodadas e se essa áurea positiva não se mantiver até o final de nada adiantará esse bom momento vivido agora, por isso, pés no chão, um passo de cada vez, para não tropeçar nas próprias pernas.

Dos oito jogos que restam para o Vozão na competição, quatro deles serão em casa, e fazer o dever de casa nesses quatros jogos praticamente garantirá a permanecia do time na competição para o ano que vem, atingindo assim o objetivo principal do clube na competição. Mas como falei, para alcançar o objetivo será preciso encarar um obstáculo por vez, e a vez agora será o Atlético-MG.

Com todas as suas limitações, o elenco encontrou sua homogeneidade. Felipe Jonatan, Edinho e Juninho Quixadá devem retornar ao time? Juninho e João Lucas devem permanecer como titulares? Essa definição só deveremos ter momentos antes da partida. E olhando por esse lado, Lisca deverá ter problemas para definir o time que mandará a campo.

Mas se isso é problema para Lisca, para o torcedor não, isso por conta de nos últimos jogos as ausências de jogadores tidos como titulares absolutos quase não serem sentidas durante as partidas, pois quem entra tem dado conta do recado.

A expectativa é que Lisca mande a campo a seguinte formação: Éverson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luis Otávio e Felipe Jonatan; Edinho, Richardson, Calyson e Juninho Quixadá; Leandro Carvalho e Arthur.

Independente de quem vá a campo, o que não poderá faltar na partida, e com certeza não faltará, é o apoio do torcedor alvinegro nas arquibancadas.

A competição vai afunilando, é hora de dar aquele gás a mais e colocar o coração na ponta da chuteira, como bem diz um jargão futebolístico. Concentração e atenção total dentro de campo, manter o futebol que vem praticando e as chances de vitórias próximas da realidade.

Nós acreditamos!