Blog do Vozão

Corinthians x Ceará – Dificuldade em alto grau

1028 11

Corinthians x Ceará – Dificuldade em alto grau (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

Pausa no Nordestão e no Estadual, chave virada agora para a Copa do Brasil. A vantagem do adversário é significativa. Tirar dois gols de diferença, jogando contra um grande time e ainda por cima em seu estádio, nunca será uma missão fácil, mas, como estamos falando de futebol, tudo é possível.

Tecnicamente o Corinthians é bem melhor, nisso não há duvidas. Mas no futebol nem sempre o “tecnicamente melhor” funciona dentro de campo. Exemplos é o que não faltam, e na Copa do Brasil, então.

Para tentar reverter a situação, Lisca terá um desfalque certo, apesar de estar com o grupo em São Paulo, o atacante Leandro Carvalho já atuou na competição por outra equipe e está fora da partida. 

Lisca levou para São Paulo uma indefinição; Time titular? Time reservas? Ou time misto? Essa definição só deveremos ter momentos antes da partida. Com uma sequencia de jogos decisivos pela frente, que aliás já vem desde o jogo passado, acredita-se que Lisca mais uma vez deverá mandar a campo uma formação diferente das que vem utilizando nos últimos jogos, ou seja, teremos mudanças no time.

Se optar por não fazer muitas alterações, a formação com Richard; Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio e Thiago Carleto; William Oliveira e Fabinho; Fernando Sobral, Felipe e Chico; Ricardo Bueno, poderá ser a utilizada nessa partida.

Mas se Lisca optar por resguardar seus jogadores, Richard; Samuel Xavier, Valdo, Eduardo Brock e João Lucas; William Oliveira e Auremir; Fernando Sobral, Wescley e Chico; Roger, será outra opção que poderá ser utilizada.

O fato é que, seja qual for a formação utilizada, em nada altera o objetivo a ser buscado na partida. Particularmente, eu iria de time misto por dois motivos; o primeiro é que, além de poupar os titulares, seria mais uma oportunidade para aqueles jogadores que não vem jogando poder mostrar seu futebol, segundo é que o futebol que vem sendo praticado pelo time reserva tem sido bem melhor que o titular.

Por pelo menos em duas oportunidades na Copa do Brasil o Vozão conseguiu reverter uma situação como essa (confira AQUI), mas jogando em casa, nunca fora. Como tudo na vida tem sua primeira vez, vai que, de repente, chegou o momento para isso, afinal, estamos falando de Copa do Brasil, a competição das surpresas.