Bola ao Alto

É muito Nowitzki!

20 5

Nowitzki fez uma média de 26 pontos por partida das finais.

Desde o início dos playoffs da NBA não se ouve outro nome. Nem febril, Dirk Nowitzki deixou de fazer os seus pontinhos e contribuir para a conquista do tão cobiçado título inédito. Ontem o Dallas Mavericks fechou a série final  em 4 a 2 contra o Miami Heat, na casa do adversário.  Venceu por 105 a 95 e levantou o troféu pela primeira vez em 30 anos.

O alemão levou o prêmio de melhor jogador (MVP) das finais da liga após 13 anos na NBA. Em 2006, os Mavs perderam o título para o Heat e o ala foi muito criticado.

———-

“Eu não acho que há dúvidas de que depois destas séries Dirk se tornou certamente um dos grandes jogadores de todos os tempos. Sua versatilidade, como ele faz na transição”, elogiou Rick Carlisle, treinador do Dallas.

“Dirk Nowitzki é simplesmente um dos maiores de todos os tempos. E foi quando jogamos com ele em 2006. Seu jogo continuou a progredir aos 30 anos. Isso é algo notável. Eu acho que é uma grande lição para os jogadores da NBA”, elogiou o treinador do Miami Heat, Erik Spoesltra.

“Isso é o que eu obviamente joguei pelos últimos dois anos. Acho que quando você vem para esta liga, quer se estabelecer. Todos esses Jogos das Estrelas e todas aquelas coisas são boas, mas quando você chega a certa idade, basicamente já viu tudo e tudo o que você joga é pelo anel de campeão. A sensação é incrível agora que sei que ninguém pode tirar isso da gente novamente e por um ano somos a melhor equipe que há. Que sensação incrível”, afirmou Dirk Nowitzki.

Recomendado para você