Bola ao Alto

Pré-Olímpico 2011: Agora é pra valer

26 1

Faltam apenas algumas horas para o início do Pré-Olímpico que vale vaga para Londres 2012. Desfalcada de alguns de seus principais jogadores, a Seleção Brasileira masculina de basquete vai a luta para tentar levar o país de volta a uma edição de Jogos Olímpicos nesta modalidade. Duas vagas diretas estarão em disputa em Mar del Plata, na Argentina. A competição dará também três vagas a uma espécie de repescagem com times de outros continentes.

O armador Marcelinho Huertas vive a melhor fase da carreira

O Brasil integra o Grupo A junto com República Dominicana, Venezuela, Canadá e Cuba. Na chave B, estarão Argentina, Porto Rico, Uruguai, Panamá e Paraguai. Argentinos e portorriquenhos são apontados como os principais rivais dos brasileiros na disputa pelas vagas olímpicas em jogo.

Lembrando mais uma vez que o Brasil vai sem o armador Leandrinho e os pivôs Nenê e Anderson Varejão. Com isso, é bom ficar de olho em Tiago Splitter, Marcelinho Machado e Marcelinho Huertas, que prometem ser as principais referências da seleção.

O Brasil fechou a sua preparação para o Pré-Olímpico das Américas muito bem em um duelo tenso contra Porto Rico. Os comandados de Rubén Magnano venceram o rival por 89 a 79, em Foz do Iguaçu, e conquistaram o título da Copa Tuto Marchand.

Marcelinho Machado disputará seu 4º Pré-Olímpico

Domingo pela manhã, o grupo treinou por cerca de duas horas no Colégio Eisentein (IAE – Instituto Albert Einstein). No final da tarde, voltou ao local para disputar uma partida treino contra o Peñarol, equipe treinada por Sergio Hernandéz, que por cinco anos foi da seleção da Argentina. O placar final do jogo foi de 98 a 57 para o Brasil.

Nesta terça-feira, às 14h, o Brasil faz a sua primeira partida no campeonato contra a Venezuela. A partida será transmitida pelos canais ESPN Brasil e Sportv. Quem quiser pode acompanhar também pela internet no site da FIBA Américas.

JOGOS

O Pré-Olímpico de basquete masculino começa às 11h30, com a partida entre República Dominicana e Cuba. O torneio, disputado até 11 de setembro, garante aos dois primeiros colocados vaga nos Jogos Olímpicos de Londres. A Seleção masculina de basquete está há 16 anos sem participar da Olimpíada.

OUTRAS SELEÇÕES

A anfitriã Argentina terá à disposição nove atletas que conquistaram a medalha de bronze em Pequim 2008, entre eles Emanuel Ginóbili, companheiro de Tiago Splitter no San Antonio Spurs, da NBA. Porto Rico, por sua vez, aposta em dois jogadores que também atuam na liga americana: Juan José Barea (Dallas Mavericks) e Carlos Arroyo (Boston Celtics).

Para sua estreia, nesta terça-feira, contra o Paraguai, a Argentina terá dois desfalques importantes. Lesionados, o ala Carlos Delfino e o pivô Fabricio Oberto seguem em recuperação e ficarão de fora do confronto inicial pelo torneio classificatório para Londres-2012.

Oberto está quase recuperado de uma lesão muscular na coxa que o deixou de fora de praticamente toda a preparação da Argentina. Já Delfino sofre de uma tendinite no tornozelo direito. Por precaução da comissão técnica, o ala treinou separado dos demais jogadores e realizou apenas arremessos. Lamas evitou confirmar o desfalque do jogador, mas a tendência é que ele também seja poupado na estreia da equipe no Pré-Olímpico.

Recomendado para você