Bola ao Alto

Brasil faz sua melhor partida do Pré-Olímpico

456 1

E para cair nas graças do torcedor, a partida tinha que ser contra a anfitriã Argentina. O placar foi 73 a 71 a favor do Brasil. Depois de comentar com várias pessoas sobre o jogo, o que deu para notar é que além da alegria da vitória, claro, bom mesmo foi ver a garra, que há muito tempo não se via, com que os brasileiros lutaram a cada minuto.

O sinônimo desta garra foi Rafael Hettsheimer. Além de ser o cestinha, o pivô conseguiu fazer boas infiltrações, além de conseguir eliminar o melhor jogador argentino com 5 faltas, Luis Scola.

Rafael Hettsheimer parou Luis Scola e foi o cestinha com 19 pontos

Logo no início do jogo a Argentina perdeu de cara um de seues principais jogadores, o ala-armador Andrés Nocioni, que torceu o tornozelo. Mas ainda contava com todo o talento de Ginóbili e Scola. Mas o primeiro deixou muito a desejar. O companheiro de Splitter no San Antonio Spurs, não conseguiu jogar metade do que sabe, mas ainda cavou várias faltas de ataque.

O Brasil conseguiu se organizar bem na defesa, fechou o garrafão e forçou os argentinos a chutarem e três pontos. Coisa que eles fizeram muito bem, que o diga Delfino e Prigioni. Mesmo assim, não foi o suficiente. O nome do jogo, do lado Argentino, foi mesmo Luis Scola. 24 pontos, 11 rebotes e, por levar a equipe nas costas, acabou eliminado com 5 faltas no último quarto.

O certo é que ganhar da seleção da casa, favorita ao título, com o ginásio lotado, jogando muito bem, e  esta seleção é a Argentina, a vitória ganha uma dimensão indescritível. Tudo que o Brasil precisava. Principalmente para ganhar confiança para a semifinal.  Mas antes, ainda temos Porto Rico pela frente.

O Brasil joga às 20h30 para decidir apenas se termina a segunda fase liderando.

PONTUADORES DO BRASIL

Rafael Hettsheimer – 19 pontos

Marcelinho Huertas – 17 pontos

Marquinhos – 14 pontos

Guilherme Giovannoni – 13 pontos

Recomendado para você