Bola ao Alto

Cedo para pensar no futuro do basquete cearense?

2 1

Não. Para quem sofreu durante muito tempo vendo o basquete do estado do Ceará praticamente sumir por conta de má administração, picuinhas e nenhuma boa vontade na hora de pensar nos (bons) atletas que tínhamos e temos, ver um projeto como o Sky/Basquete Cearense surgir dá esperança ao mesmo tempo que preocupa.

Os motivos foram bem abordados na edição de hoje do Jornal O POVO. (leia a matéria)

Para mim, fica cada vez mais claro que é preciso união para que esse projeto não seja apenas um momento de empolgação. É preciso pensar realmente nos atletas que temos, no quanto podemos ganhar tendo um time representando nosso estado, nossa região.

Teremos orgulho de verdade, ao ver o investimento nas categorias de base, como prometido, e a volta de campeonatos consistentes para que nossos atletas joguem, sejam vistos e comecem a pensar se vale a pena se profissionalizar. Para mim, ainda é algo bem distante, mas a largada foi dada.

Na matéria do Jornal O POVO, a Federação Cearense de Basketball se manifestou através de um diretor, Davi Marcelino, que afirmou que a equipe motivará escolinhas, jogos no Interior, além de contribuir para a massificação do esporte. Esse discurso todos já sabem desde que se descobriu a intenção de montar uma equipe cearense para jogam no NBB. O que queremos realmente saber é o quanto que a FCB vai poder oferecer para o progresso da modalidade que vem apagada há alguns anos.

Recomendado para você