Bola ao Alto

Bruno Caboclo é escolhido no draft da NBA

Estamos próximos de emplacar mais um brasileiro na liga americana de basquete. O ala Bruno Cabloco é o primeiro atleta brasileiro a despontar na NBA sendo fruto da Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB), competição sub-22 criada há menos de três anos através de uma parceria da Liga Nacional de Basquete (LNB) e o Ministério do Esporte.

Foto: João Pires/LNB

Foto: João Pires/LNB

 

Na noite desta quinta-feira (dia 26), o jovem ala do Esporte Clube Pinheiros,  foi um dos 60 atletas escolhidos no Draft da NBA. Aos 18 anos de idade, o jogador foi selecionado pelo Toronto Raptors, na 20ª posição da loteria, em evento realizado no Barclays Center, em Nova Iorque (EUA).

Com a escolha, Caboclo pode ser o sexto brasileiro na NBA e se juntar a Anderson Varejão (Cleveland Cavaliers), Leandrinho (Phoenix Suns), Nenê Hilário (Washington Wizards), Tiago Splitter (San Antonio Spurs) e Vítor Faverani (Boston Celtics) ainda este ano, se assim decidir a franquia do Canadá.

“Hoje é um dia especial para mim. Estou muito feliz em ter sido selecionado pelo Toronto. Quero agradecer a algumas pessoas e instituições que me apoiaram nesta trajetória. Em primeiro lugar, claro, ao Toronto Raptors, em nome do Sr. Masai Ujiri e sua equipe, que confiaram no meu potencial. Quero muito entrar logo em quadra e retribuir ao Raptors e seus fãs a confiança em mim depositada”, afirmou Caboclo.

Nascido em Osasco (SP), no dia 21 de setembro de 1995, e criado em Pirapora do Bom Jesus (SP), Bruno Correa Fernandes Caboclo iniciou sua carreira nas divisões de base do Barueri, onde jogou dos 13 aos 17 anos. No começo de 2013, chegou ao Esporte Clube Pinheiros para fazer parte do elenco Sub-19, campeão estadual, e do Sub-22, que conquistou o terceiro lugar da LDB.

O jovem ala foi um dos grandes nomes da LDB em 2013, com médias de 16,6 pontos, 6,9 rebotes e 2,4 tocos em 31 partidas disputadas na competição. Além de ser destaque aqui no país, Bruno foi também eleito o melhor jogador do “NBA Sem Fronteiras”, em 2013, na Argentina, um camp organizado pela liga norte-americana que reuniu os principais atletas juvenis da América Latina.

Nesta sexta-feira (dia 27), o ala do Pinheiros embarca para o Canadá, onde terá seu primeiro contato com a equipe de Toronto. Lá, conhecerá as dependências do clube, conversará com os diretores dos Raptors e traçará os planos para o futuro.

Além de Bruno Caboclo, três outros brasileiros também tentaram assegurar uma vaga no Draft 2014. Os pivôs Lucas Mariano (Franca) e Cristiano Felício (Flamengo), também revelados pela LDB, além do armador do Rio Natura Monbus (Espanha), Rafael Luz, não foram escolhidos na loteria, mas ainda aguardam um convite das equipes da NBA para a Liga de Verão.

Recomendado para você