Bola ao Alto

Seleção brasileira não está garantida no Mundial de basquete

No início de maio, a Confederação Internacional de Basquete (Fiba) realizou o sorteio dos grupos do classificatório da seção das Américas para o Mundial da China, em 2019. A vaga que pertence ao Brasil, devido a suspensão temporária imposta pelo Comitê da Fiba à Confederação Brasileira da modalidade (CBB), segue em branco. A punição impede o país de participar de qualquer evento organizado pela entidade internacional.

Suspensa desde novembro do ano passado, a CBB tem até o dia 21 de junho para apresentar novos argumentos para levar a Fiba e encerrar a punição que nasceu pela má gestão da organização nacional.

(Foto: Mark Ralston/AFP)

De acordo com o sorteio, o Brasil estrearia contra o Chile, no dia 24 de novembro, pelo Grupo B. A Seleção também, encararia Venezuela e Colômbia na primeira fase. O time canarinho participou do Mundial de 2013, na Espanha, através de convite.

O classificatórios contará com seis janelas de jogos: novembro de 2017, fevereiro, junho, setembro e novembro de 2018 e fevereiro de 2019. As Seleções se enfrentam em duas partidas (ida e volta).

Na primeira fase, os três primeiros colocados de cada grupo se classificam. Estes serão divididos em dois grupos (seis cada) para a segunda rodada. Os três primeiros colocados e o quarto melhor time no geral se classificam para o Mundial, que ocorre entre os dias 31 de agosto e 15 de setembro de 2019. Das 80 Seleções presentes nas classificatórias, apenas 32 se classificam (sete da Ásia, cinco da África, sete das Américas e doze da Europa).

Recomendado para você