Bola ao Alto

Cearense Matheus Leal vai disputar a Liga Nacional e de Desenvolvimento na Argentina

Treinando há três semanas na cidade de Mercedes, na Argentina, o pivô cearense Matheus Leal não tem dúvida do que mais sente falta além da família e dos amigos. “Sinto muita falta do calor e das praias. Aqui é uma cidade do interior, não tem praia e faz muito frio. Nesses últimos dias tem feito 3, 4 graus, chegando a 12° durante o dia”, destacou Leal. Natural do Crato, Leal tem 21 anos e defendeu o Basquete Cearense nas últimas temporadas.

Para 2018/2019 o pivô aceitou um novo desafio. Vai defender o time Comunicaciones de Mercedes, que tem entre suas atividades com maior destaque o basquete que disputa a Liga Nacional de Básquet. O clube também conta com equipes de futebol e vôlei. O ginásio tem capacidade para 4 mil torcedores. “A estrutura do Comunicaciones é de alto rendimento. Além do campo e ginásio, contamos com academia, fisioterapia, nutricionista”, explica Leal.

O Bola ao Alto conversou com o atleta sobre como foi a sua negociação, como está a rotina e sua expectativa para a temporada.

Bola ao Alto: Como foi o seu contato com o time? Você imaginou que jogaria em um outro país da América Latina?

Matheus Leal: O meu contrato é de 10 meses (tempo que dura uma temporada da Liga), podendo se prolongar por três anos. Eu imaginei que esse momento poderia chegar e me preparei para isso. É preciso ter conhecimento e sempre tive interesse em sair do Brasil. Aqui na América do Sul, assim como o Brasil, a Argentina é uma boa escola de basquete, então eu me via jogando aqui e aconteceu.

B.A.: Como está a adaptação?

M.L.: Cheguei em Corrientes (província onde fica localizada a cidade de Mercedes) dia 6 de agosto e minha adaptação está ótima. Tenho um pouco de dificuldade por conta do idioma, mas estou aprendendo. A cidade de Mercedes é pequena, então a locomoção é fácil e o clube fica perto do apartamento onde moro sozinho.

B.A.: Como está a preparação para as competições?

M.L.: Estou treinando com a equipe profissional para o Super 20 (torneio de pré-temporada organizado pela Associação de Clubes), que deve começar em setembro, além do U23 (competição sub-23). A competição principal é a La Liga e a temporada 2018/2019 começa em dezembro. O Super 20 reúne os 20 equipes, muitos que participam da La Liga também. Serão muitos jogos, uma ótima oportunidade para eu poder evoluir bastante, um dos meus objetivos aqui.

B.A.: Quais as suas expectativas para esse novo momento?

M.L.: Quero evoluir, absorver o máximo de experiência dos outros jogadores, principalmente por ter um volume grande de treinos, por estar na equipe principal e na categoria sub-23. Quero melhorar meu basquete e disputar essas competições em alto nível.

Recomendado para você