C4 Notícias

Prefeito de Canindé assina decreto de calamidade pública em função da estiagem

Prefeito Celso Crisóstomo

O prefeito de Canindé, Celso Crisóstomo, assinou nesta terça-feira (12), o decreto de calamidade pública no município em função do baixo nível dos reservatórios.De acordo com o prefeito, já são quatro anos seguidos de seca e os açudes não receberam uma recarga com as poucas chuvas que caíram.

“O decreto é para garantir a todas as comunidades a assistência das aplicações dos recursos em abastecimento de água caso o quadro se agrave”, explica o prefeito.

Devido ao longo período de estiagem, os açudes São Mateus e Sousa estão vazios. A cidade hoje é abastecida pela adutora vinda do açude de General Sampaio.

 Celso Crisóstomo esteve reunido com governador Camilo Santana e manteve contato com senadores e deputados para garantir condições de abastecimento no município.

 

Fonte: Site Canindé Online

Recomendado para você