Cinema às 8

Programação e 8 dicas para a Mostra Retrospectiva 2016/Expectativa 2017

Na última quarta-feira, 4, o Cinema do Dragão – Fundação Joaquim Nabuco divulgou as datas e horários de sua Mostra Retrospectiva 2016/ Expectativa 2017.

Serão 85 filmes, exibidos em 99 horários entre os dias 12 e 25 de janeiros nas duas salas de cinema do Dragão do Mar. Para facilitar a vida dos nossos visitantes, abaixo segue a lista completa da mostra, com um mix de 8 dicas mais detalhadas sobre filmes eleitos. Evitamos repetir elogios a obras como “Elle”, “Aquarius”, “Carol”, “O Cemitério do Esplendor” ou “Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nós Dois” já agraciados em outros momentos.

Quinta-feira (12)
14h30 – Sieranevada (Sala 1)

Sieranevada

Sieranevada

Um dos filmes mais premiados, o romeno “Sieranevada”, de Cristi Piui, se passa todo dentro de um apartamento e se desenrola no aniversário de morte do patriarca de uma família.

14h30 – Coração de cachorro (Sala 2)
16h00 – Morangos Silvestres (Sala 2)
17h40 – Eu, Daniel Blake (Sala 1)
18h00 – A vida após a vida (Sala 2)
19h40 – A Espera (Sala 1)
20h00 – O ornitólogo (Sala 2)

O Ornitólogo

O Ornitólogo

Novo filme do português João Pedro Rodrigues e premiado em Locarno, o longa acompanha um ornitólogo que se afoga em uma corredeira, é resgatado por peregrinos chineses e tenta voltar ao seu caminho por uma floresta sombria.

Sexta-feira (13)
14h00 – Para minha amada morta (Sala 1)
15h10 – O cemitério do esplendor (Sala 2)
16h00 – O silêncio do céu (Sala 1)
17h30 – Nosferatu (Sala 2)
18h00 – Elle (Sala 1)
19h30 – O último trago + Debate com Pedro Diógenes (Sala 2)
20h20 – A Bruxa (Sala 1)

Sábado (14)
14h00 – Eu, Daniel Blake (Sala 1)
14h10 – Carol (Sala 2)
16h00 – Mãe só há uma (Sala 1)
16h30 – Julieta (Sala 2)
18h00 – Tangerine (Sala 1)

Tangerine

Tangerine

Mais do que uma obra filmada em um celular e com protagonistas trans, “Tangerine”, de Sean S. Baker, é uma tocante dramédia sobre uma realidade difícil e carregada de pesares.
18h30 – Martírio + Debate com Vincent Carelli (Sala 2)
20h00 – É apenas o fim do mundo (Sala 1)

Domingo (15)
14h00 – A academia das musas (Sala 1)
15h00 – White God (Sala 2)
16h00 – Blow-up (Sala 1)

Blow-Up

Blow-Up

Clássico máximo de Michelangelo Antonioni, o filme volta ao Dragão em cópia restaurada. “Blow-Up – Depois Daquele Beijo” mostra as consequências de uma foto tirada sem grandes pretensões, mas que trazia um grande mistério em si.

17h20 – As Caça-fantasmas (Sala 2)
18h00 – BR716 (Sala 1)
19h40 – Animal Político + Debate com Tião (Sala 2)
20h00 – A Garota desconhecida (Sala 1)

Segunda-feira (16)
13h20 – Como você é (Sala 2)
14h30 – As Mil e uma noites Vol. 1 O Inquieto (Sala 1)
15h15 – Mate-me por favor (Sala 2)
17h00 – As Mil e uma noites Vol.2 O Desolado (Sala 1)
17h15 – O Demônio de Neon (Sala 2)
19h30 – As Mil e uma noites Vol.3 O Encantado (Sala 1)
19h30 – Clarisse ou Alguma coisa sobre nós dois + Debate com Petrus Cariry (Sala 2)

Terça-feira (17)
14h00 – Cinema Novo (Sala 1)
15h00 – Boi Neon (Sala 2)
16h00 – Eles não usam black-tie + Lançamento do livro “100 melhores filmes brasileios” (Sala 1)
17h00 – As Montanhas se separam (Sala 2)

As Montanhas Se Separam

As Montanhas Se Separam

Obra-prima do chinês Jia Zhanke, mestre em expor a sociedade chinesa atual. “As Montanhas Se Separam” acompanha décadas de uma história de amor, amizade e família despedaçados pela ambição.

19h30 – São Bernardo + Debates com membros da Abraccine (Sala 1)
19h30 – Aquarius (Sala 2)

Quarta-feira (18)
14h00 – Neruda (Sala 1)
14h50 – O Tesouro (Sala 2)
16h00 – De Palma (Sala 1)
16h40 – Jovens, loucos e mais rebeldes! (Sala 2)

Jovens, Loucos e Mais Rebeldes

Jovens, Loucos e Mais Rebeldes

O título até indica ser uma sequência completa de “Jovens, Loucos e Rebeldes” (1993), primeiro longa de Richard Linklater. Mas trata-se mais de uma continuação “espiritual”. Linklater volta aos anos 1980 para descaradamente debochar de tudo que amávamos – e que ele tanto ama.

18h00 – Janis Little Girl Blue (Sala 1)
19h00 – Divinas Divas + Debate com Natara Ney (Sala 2)
20h00 – A Morte de Luís XIV (Sala 1)

Quinta-feira (19)
14h00 – Ela volta na quinta (Sala 1)
14h00 – Eu, Daniel Blake (Sala 2)
15h50 – Incompreendida (Sala 2)
16h00 – A Vizinhança do Tigre (Sala 1)
17h50 – Lua em Sagitário (Sala 1)
17h50 – É Apenas o fim do mundo (Sala 2)
19h40 – Elon não acredita na morte + Debate com Germano Melo (Sala 2)
20h00 – Maresia (Sala 1)

Sexta-feira (20)
14h20 – Creepy (Sala 1)
14h40 – A Assassina (Sala 2)
16h40 – O Lamento (Sala 2)
18h00 – Gritos e Sussurros (Sala 1)
19h30 – Rifle + Debate com Davi Pretto (Sala 2)
20h00 – Na vertical (Sala 1)

Sábado (21)
14h00 – A Economia do Amor (Sala 1)
14h00 – Estranhos no paraíso (Sala 2)
15h50 – Divinas Divas (Sala 2)
16h00 – Belos sonhos (Sala 1)
18h00 – Beduíno (Sala 2)
18h20 – Sangue do meu sangue (Sala 1)
19h40 – O estranho caso de Ezequiel + Debate com Guto Parente (Sala 2)

O Estranho Caso de Ezequiel

O Estranho Caso de Ezequiel

Novo filme do cearense Guto Parente (dos ótimos “Doce Amianto” e “A Misteriosa Morte de Pérola”, infelizmente, último do ator e multiartista Euzébio Zloccowick. Meio bíblico, o longa acompanha um homem recém viúvo que vê suia vida piorar ainda mais.

20h20 – O Auge do humano (Sala 1)

Domingo (22)
14h00 – Eu, Daniel Blake (Sala 1)
14h00 – O que está por vir (Sala 2)
16h00 – Mãe só há uma (Sala 1)
16h00 – Agnus dei (Sala 2)
17h40 – Do outro lado do Atântico (Sala 1)
18h10 – Precisamos falar sobre assédio (Sala 2)
19h30 – Mamma Roma (Sala 1)
19h40 – Câmara de Espelhos + Debate com Dea Ferraz (Sala 2)

Segunda (23)
14h00 – Eu, Daniel Blake (Sala 1)
14h30 – Fitzcarraldo (Sala 2)
15h55 – Elle (Sala 1)
17h30 – A Chegada (Sala 2)
18h20 – As Caça-fantasmas (Sala 1)
19h40 – O Homem que caiu na terra (Sala 2)
20h40 – O Futebol (Sala 1)

Terça (24)
14h30 – Certo agora, errado antes (Sala 1)

Certo Agora, Errado Antes

Certo Agora, Errado Antes

Outra premiadíssima obra asiática na mostra. Dirigida pelo sul-coreano Hong Sang-soo, “Certo Agora, Errado Antes” mostra um encontro casual de um homem e uma mulher e que podia ser uma grande história de amor. Se tivesse ocorrido no momento certo.

15h00 – Brasil S/A (Sala 2)
16h30 – Martírio (Sala 2)
17h20 – O Ornitólogo (Sala 1)
19h30 – Taego Ãwa + Debate com Henrique Boerela (Sala 2)
19h40 – 8½ (Sala 1)

Quarta (25)
14h00 – Eu, Daniel Blake (Sala 1)
14h00 – Aquarius (Sala 2)
15h50 – O auge do humano (Sala 1)
16h45 – John From (Sala 2)
17h40 – Hiroshima mon amour (Sala 1)
18h30 – Muito Romântico (Sala 2)
19h20 – Apesar da noite (Sala 1)
20h00 – A cidade onde envelheço (Sala 2)

Recomendado para você