Clube da Luta

UFC 140 – O RETORNO DO DRAGÃO?

UFC 140
Dia 10, sábado, AO VIVO às 20h50 (horário de brasília)
Toronto, Canadá

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=2ZvOsZwFUZ8[/youtube]

Jon Jones vs Lyoto machida

O UFC esta promovendo a luta como uma verdadeira luta de ARTES marciais pela qualidade técnica e plástica dos dois lutadores. Ambos têm a capacidade de envolver o adversário no seu plano de jogo, são extremamente estratégicos e conseguem controlar a distância do oponente, ou seja, conseguem acertar mas não são acertados.
O currículo de Jon Jones impressiona.
Com apenas 24 anos é o mais novo lutador a se tornar campeão da categoria meio pesado do UFC . Ele já fez três lutas neste ano e essa será sua segunda defesa de cinturão! Nos últimos anos, a categoria dos meio pesados se tornou a mais disputada do UFC. A rotatividade de campeões é a regra, pois ninguém consegue defender o cinturão mais de uma vez.

Se Jon Jones vencer Lyoto, ele terá vencido três ex-campeões num mesmo ano (Shogun, Rampage e Lyoto) e conseguirá se livrar da maldição da defesa do cinturão.

Lyoto não pode ser subestimado, tem o jogo mais complicado de ser estudado no MMA. É difícil encontrar sparrings como ele e é muito difícil encontrá-lo dentro do octógono. Lyoto passou 15 lutas sem perder nenhum round (isso mesmo, nenhum round!) e só conheceu a derrota quando perdeu o cinturão do UFC para Maurício Shogun.

Lyoto é o preferido da torcida (basta conferir a enquete no site do UFC ) mas é o azarão nas bolsas de aposta e, por tudo o que tem feito, Jon Jones entra mesmo como favorito. Além disso, as duas últimas vitorias de Jones foram justamente em cima dos dois lutadores que derrotaram Machida (Shogun e Rampage).
Mas quem acompanha MMA sabe que isso não é regra e um fator a favor do brasileiro é que Lyoto é mestre em derrotar lutadores invictos (conseguiu as primeiras derrotas de Stephan Bonnar, Rich Franklin, Thiago Silva, Rachad Evans entre outros) e tem potência de nocaute. Resta saber se Jon Jones tem queixo, já que no octógono isso não foi testado.

Ou seja, sábado promete ser tenso, pois muitos acreditam que se não for o Lyoto, vai ser difícil encontrar quem pare Jon Jones.

Minotauro vs Frank Mir

Na segunda luta mais importante, Minotauro faz a revanche contra Frank Mir. Na primeira luta (UFC 92), Minotauro já sofria com as lesões no quadril e apresentou uma infecção por bactéria na reta final de preparação (dizem até que teve febre nas vésperas da luta), o que afetou em muito o seu desempenho. Frank Mir conseguiu o que nem Fedor, nem Crocop conseguiram: nocautear Minotauro.
A derrota estava engasgada e Minotauro não nega a sede de vingança e até mesmo Frank Mir reconhece que a revanche dá mais motivação a Minotauro. Segundo Mir, o brasileiro o subestimou no primeiro combate. A vitória de Minotauro no UFC Rio embala a confiança nessa revanche, mas não se pode negar que Frank Mir é um oponente muito mais duro e completo do que Brendan Schaub.

Minotouro vs Tito Ortiz

A terceira principal luta da noite tem uma pressão a mais, pois os dois lutafores podem sair do UFC. Isso não foi abertamente declarado pelo Dana White, mas Tito Ortiz já declarou que se aposentaria em breve e Minotouro vem de duas derrotas seguidas. Minotouro teve problemas ao enfrentar wrestlers no UFC, uma especialidade de Tito Ortiz, mas já mostrou uma boa evolução nessa área e promete que vai manter a luta em pé e nocautear o “ex-Bad Boy”.

CARD PRINCIPAL

Jon Jones x Lyoto Machida

Frank Mir x Rodrigo “Minotauro” Nogueira

Tito Ortiz x Rogério “Minotouro” Nogueira

Brian Ebersole x Claude Patrick

Mark Hominick x Chan Sung Jung

CARD PRELIMINAR

Igor Pokrajac x Krzysztof Soszynski

Jared Hamman x Constantinos Philippou

Dennis Hallman x John Makdessi

Yves Jabouin x Walel Watson

Mark Bocek x Nik Lentz

Rich Attonito x Jake Hecht

John Cholish x Mitch Clarke

Recomendado para você