Clube da Luta

A musa do UFC, Ronda Rousey, vence por finalização o primeiro combate entre mulheres da organização

Ronda mantém cinturão (Divulgação / UFC)

Ronda mantém cinturão (Divulgação / UFC)

Brilhante a primeira luta feminina do UFC. Entrou para a história da organização com uma linda vitória da nova sensação do MMA, Ronda Rousey. A bela finalizou com um arm lock Liz Carmouche no primeiro round.

Ronda veio para UFC, após seis vitórias, nas quais nenhuma adversária passou do primeiro round. Veio como campeã do extinto Strikeforce. Ela é a nova aposta do UFC.

Nos segundos iniciais do duelo, Rousey foi com tudo e derrubou Liz. Ronda tentou fazer o que mais sabe: finalizar a luta. Mas, em uma bobeira, Carmouche foi para as costas da campeã e quase aplicou um mata leão. Por pouco o cinturão não teria outra dona.

Foi incrível a resistência de Ronda. Se o combate entre Machida e Henderson deu sono em muita gente, a batalha entre as mulheres despertou a todos. Ao sair das garras de Liz, Rousey levou mais uma vez a adversário para o chão, conseguindo aplicar seu golpe fatal: um arm lock.

Os tapinhas de Liz garantiram mais uma vitória para o currículo avassalador de Ronda. Uma finalizadora nata e que seus duelos não passam do primeiro round. A vitória de Rousey marca uma nova era do UFC.

Recomendado para você