Clube da Luta

VÍDEO: em entrevista exclusiva ao blog Clube da Luta, Júnior Cigano fala do sonho de retomar cinturão do UFC

Foto: Edmar Soares / O POVO

Foto: Edmar Soares / O POVO

Foram 25 minutos para uma vida inteira. A luta de cinco rounds contra Cain Velasquez, em dezembro do ano passado, fez de Júnior Cigano um novo lutador após aquela fatídica noite, em que foi destronado na categoria dos pesos pesados, conhecendo sua primeira derrota no UFC. Apegado à máxima de que “há derrota que vale mais que vitória”, o ex-campeão inicia uma busca obstinada pela retomar aquela que é maior cobiça de todo lutador do Ultimate: o cinturão.

“Uma das coisas que eu aprendi é que nós temos que usar todas as nossas armas para vencer uma luta. Não podemos ter só uma estratégia. Só nocautear. Só finalizar. Temos que usar tudo. Ser capaz de saber usar as coisas na hora para surpreender o seu adversário”, refletiu o lutador, em entrevista exclusiva ao blog Clube da Luta, durante sua passagem em Fortaleza para conferir a final do TUF Brasil 2.

Satisfeito por ter ouvido do chefão do UFC, Dana White, que terá uma nova chance de lutar contra Velasquez pelo título dos pesados – ainda sem data marcada -, logo após a vitória por nocaute sobre Mark Hunt, há quinze dias, Cigano revela que ainda não iniciou a preparação física para a revanche. Mas a preparação mental sim. “Quero ser o campeão e acho que tenho condições pra isso. Acredito que posso ser melhor que ele”, diz o lutador, lembrando da vitória que teve no primeiro duelo contra o rival, em 2011, quando nocauteou Velasquez em pouco de mais de um minuto de combate.

Metas

Esbanjando confiança, Cigano se arrisca até estipular um prazo para voltar ao topo da categoria. “Vou buscar esse cinturão. Pode acreditar. Final do ano, se Deus quiser, esse cinturão volta para o Brasil e por aqui vai permanecer por muito tempo”, disparou. Quem sabe, diz ele, esteja reservada para essa ocasião a sua 1ª vitória por finalização no UFC. “Eu treino muito jiu-jitsu. Só não tive oportunidade de mostrar. Vai chegar o momento de eu finalizar”, promete. (Bruno Balacó e Lucas Mota)

Acompanhe a entrevista na íntegra, em que Cigano fala ainda da luta com Mark Hunt e patrocínio do Corinthians:

[youtube]http://youtu.be/COB7aAY-QBQ[/youtube]

O encontro do O POVO com Cigano ocorreu em hotel da Praia do Futuro, onde o lutador se hospedou em sua passagem por Fortaleza.