Clube da Luta

Danilo Mota conversa com o blog Clube da Luta após lesão no OX MMA

Desespero de Danilo após a lesão. Foto: Igor de Melo/O POVO

Desespero de Danilo após a lesão. Foto: Igor de Melo/O POVO

O blog Clube da Luta conversou com Danilo Mota, atleta que lesionou a perna no OX MMA. O lutador falou sobre a contusão, o momento atual da carreira e a recuperação para voltar ao octógono.

Danilo explicou ao blog o que pode ter ocasionado a lesão. “Minha canela estava microlesionada devido a quantidade de treinos que tive antes da luta. Chutei com a parte mais frágil da canela no joelho do meu adversário. Tive fratura exposta na tíbia e fíbula”. O atleta também agradeceu a equipe Team Nogueira e ao mestre Rodrigo Minotauro. “A minha equipe Team Nogueira Fortaleza e o mestre Minotauro me deram todo o amparato com o tratamento cirúrgico. Na cirurgia, foi colocada uma haste de titâneo no meio da tíbia e fixada com parafusos. Não precisarei mais retirar esse material. Até sexta (16), estou voltando a andar e, em dois meses, posso voltar a treinar. Será uma recuperação bem rápida, graças a Deus”.

O campeão do Revolução MMA da categoria meio-médio também falou desse momento de superação na carreira. “Fiquei bastante triste com o fato, pois agora terei que superar tudo isso para poder retomar minha carreira, que estava em um bom momento, após ganhar o cinturão do Revolução MMA. Sei que não vai ser fácil, mas o que me conforta é saber que as coisas não são como queremos e tudo tem um plano maior. Agradeço a Deus por ter me dado esta provação, pois creio que isso servirá para mostrar, para mim mesmo, o quanto sou forte e o quanto ele é bom”.

Após a lesão de Danilo no OX MMA, o árbitro do combate deu a vitória para o adversário, Glefferson Gurgel, mais conhecido como G.G. Com a vitória decretada, Glefferson comemorou com uma dancinha. O público parece não ter gostado da atitude e vaiou o lutador. Danilo contou ao Clube da Luta que não sentiu desrespeito por parte do oponente.

Em nenhum momento fiquei magoado ou chateado com meu adversario, ou com sua equipe. Minha maior chateaçãoo foi a de não ter tido luta. Me preparei forte e gastei muito tempo e foco na minha preparação para ter 20 segundos de luta e, ainda por cima, a luta ter sido considerada em meu cartel como derrota. Na minha opinião deveria ter sido “No contest”, pois eu me machuquei sozinho”.

O atleta da Team Nogueira promete voltar mais forte e mandou um recado para os fãs. “Estou aprendendo muito com esse período. Irei treinar dobrado e focar ainda mais, pois é o que faço da minha vida e, Deus foi tão bom que me deu o dom de fazer aquilo que gosto. Quero agradecer a todos que me mandaram mensagens de apoio, ligaram e estiveram presente nesse período difícil. Agradeço aos meus patrocinadores por acreditarem no meu trabalho, a minha familia, meus amigos, minha equipe Team Nogueira por se fazer presente nesse momento e não me deixar desamparado. Oss.”.

Recomendado para você