Clube da Luta

MMA feminino: Jéssica e Amanda se destacam no cenário nacional; Sucuri é a promessa cearense

Amanda venceu em sua estreia no UFC: Foto: UFC/Divulgação

Amanda venceu em sua estreia no UFC: Foto: UFC/Divulgação

A paranaense Jéssica “Bate-Estaca” Andrade e a baianaAmanda “Leoa” Nunes são as duas atletas brasileiras que têm contrato assinado com o UFC.

Primeira brasileira a lutar no UFC, Jéssica “Bate-Estaca”, de 21 anos, estreou no UFC on Fox: Johnson vs. Moraga, realizado no dia 27 de julho deste ano, e acabou sendo derrotada pela americana Liz Carmouche por nocaute técnico, no 2º round.

No dia 3 de agosto, Amanda Nunes, 25 anos, participou do UFC Rio 4 como a segunda brasileira a atuar na organização e a primeira a lutar em território nacional. A “Leoa” enfrentou a alemã Sheila Gaff e triunfou com um nocaute técnico ainda no primeiro round.

A vitória garantiu a Amanda o sétimo lugar no ranking do UFC e o currículo com oito vitórias e três derrotas. Jéssica tem um cartel com nove triunfos e também três derrotas.

PROMESSA CEARENSE

Sucuri está invicta em 10 lutas disputadas. Foto: Igor de Melo/O POVO

Sucuri está invicta em 10 lutas disputadas. Foto: Igor de Melo/O POVO

O MMA feminino também vem se destacando no Ceará. A lutadora Viviane Pereira, a “Sucuri”, impressiona pelo cartel de 10 lutas e 10 vitórias. A atleta da academia Dragon Combat desponta como a maior promessa do MMA feminino no Estado.

Sua última apresentação ocorreu no OX MMA Event, realizado no dia 8 de agosto, no ginásio Paulo Sarasate, quando Sucuri venceu por nocaute Ilara Joana, fazendo o público presente vibrar com a “trocação afiada” e a bela luta que realizou. 

Ranking de mulheres no UFC

Peso-galo feminino

Campeã: Ronda Rousey

1 – Cat Zingano

2 – Sarah Kaufman

3 – Miesha Tate

4 – Sara McMann

5 – Liz Carmouche

6 – Alexis Davis

7 – Amanda Nunes

8 – Germaine de Randamie

9 – Julie Kedzie

10 – Rosi Sexton

Fonte: Site oficial do UFC