Clube da Luta

BKF 3 terá dois cinturões em jogo: Carlos Índio x Leonardo Macarrão e Chiquerim x Guerreiro

BKF 3

BKF 3

O Brazilian King Fighter (BKF) 3, marcado para o dia 7 de novembro, como o blog Clube da Luta antecipou, promete show de lutas. A organização do evento vai trazer ótimos duelos e já anuncia uma novidade para esta edição: dois cinturões estarão em jogo.

Carlos Índio x Leonardo Macarrão

Carlos Índio (esq.) e Leonardo Macarrão (dir.)

Carlos Índio (esq.) e Leonardo Macarrão (dir.)

O dono do cinturão da categoria até 77 kg, Carlos Índio, defende seu cinturão pela segunda vez. A fera terá uma parada dura pela frente e, talvez, seja um dos adversários mais difíceis que já enfrentou. O oponente de Índio será Leonardo Macarrão, um dos destaques do reality show do UFC, o TUF Brasil 1.

O catarinense tem um cartel de 10 lutas, 9 vitórias e 1 derrota. O único revés da carreira foi em sua estreia pelo UFC, após o TUF Brasil 1, quando enfrentou Thiago Bodão, pelos médios, e foi nocauteado. Depois do nocaute, o atleta voltou a lutar nos meio-médios e está com uma sequência de três vitórias seguidas e vem embalado para enfrentar Índio.

Já o potiguar radicado em Fortaleza, Carlos Índio, também vive um bom momento da carreira e busca a quarta vitória seguida. No BKF, ele enfrentou Jacob Quintana e nocauteou, ficando com o cinturão. Na primeira defesa do título, Índio finalizou sem dificuldade José Arimateia. O atleta da Nova União, mais experiente que Macarrão, tem um cartel de 45 lutas, 34 vitórias, 10 derrotas e 1 empate. O lutador espera vencer mais uma para continuar como um dos destaques do MMA cearense.

Willamy Chiquerim x Paulo Guerreiro II

Nesta terceira edição do BKF, a organização coloca mais um cinturão para ser disputado. O título da categoria até 70 kg, ainda sem dono, será disputada dentro do octógono por Willamy Chiquerim e Paulo Guerreiro. Além da oportunidade de se tornar campeão do evento, os lutadores têm uma motivação a mais para o duelo: a rivalidade. O combate marcará a revanche tão esperada pelo público cearense que já havia acompanhado a primeira luta da dupla, em 2007, na qual Chiquerim levou a melhor finalizando Guerreiro.

 

Willamy Chiquerim | Foto: Daniel Santos / O Povo

Willamy Chiquerim | Foto: Daniel Santos / O Povo

O atleta da Nova União não vive sua melhor fase, das últimas quatro lutas, apenas uma vitória. Chiquerim vem de derrota para Andrezinho Nogueira no OX MMA, em agosto deste ano, e tem uma grande oportunidade para retornar ao caminho das vitórias.

 

Guerreiro em ação durante o BKF 2 | Foto: Fco Fontenele

Guerreiro em ação durante o BKF 2 | Foto: Fco Fontenele/O Povo

Paulo Guerreiro já é um experiente do MMA e conhecido pelo público cearense. O atleta tem uma ótima oportunidade para mostrar que ainda está em forma e pode se tornar dono do cinturão do BKF 3. Quando entrar no octógono para enfrentar Chiquerim, Guerreiro vai ter completado um ano sem lutar, pois seu último combate foi em novembro de 2012, no BKF 2, onde venceu Alberto Pantoja.

Recomendado para você