Clube da Luta

Demitido do UFC, Toquinho vai lutar pelo WSOF

130 1
Rousimar Palhares, o Toquinho, assinando contrato com o WSOF

Rousimar Palhares, o Toquinho, assinando contrato com o WSOF

Depois de ser demitido do UFC, Rousimar Palhares, o Toquinho, assinou com o World Series of Fighting (WSOF), uma organização americana de MMA. O atleta publicou uma foto no Twitter e fez o anúncio do novo contrato.

Assinei um contrato com o WSOF, uma das maiores organizações de MMA no mundo”, escreveu Toquinho, em foto publicada no microblog, na qual aparece assinando o contrato.

O brasileiro também prometeu boas lutas no novo evento. “Vou trabalhar muito para fazer grandes lutas e representar o Brasil, as nossas origens”.

Toquinha ainda agradeceu aos irmãos Nogueira e ao empresário Alex Davis durante o período pós-demissão do UFC. “Agradeço muito ao @Minotouromma, @minotauro e a família @TeamNogueira por acreditarem em mim”. “Agradeço ao Alex Davis que fez um grande trabalho durante todo esse processo”.

Rousimar foi demitido depois da vitória polêmica contra o americano Mike Pierce, em outubro. O brasileiro venceu por finalização ao aplicar uma chave de calcanhar no adversário. A demora para soltar o golpe foi o motivo para a demissão.

Confira o que Dana White falou ao anunciar a demissão: “A trajetória de Rousimar Toquinho na divisão de meio-médios do UFC foi mais curta que o esperado. O brasileiro precisou de apenas 31 segundos para encaixar uma justa chave de calcanhar e finalizou o duro Mike Pierce. Mas por não ter soltado o golpe assim que o norte-americano desistiu, ele acabou demitido da organização”.

Após a demissão, alguns lutadores comentaram o caso. O atleta ex-UFC e, atualmente no WSOF, Jon Fitch, disse que não enfrentaria Toquinho. “Foi a segunda vez dele. Segurar uma finalização por tanto tempo, principalmente com a chave tão justa, é falar de algo que pode acabar com a carreira de alguém. Eu acho que o UFC agiu corretamente (ao dispensá-lo). Eu, pessoalmente, não aceitaria uma luta contra ele por causa disso. Uma vez, tudo bem, mas duas não. Sinceramente, jamais aceitaria competir com ele. Se ele continuar assim, provavelmente sua carreira vai acabar, porque ninguém vai querer lutar com ele”.

Agora, os dois estão na mesma organização. Será que a dupla pode se encontrar no octógono do WSOF?

 

Recomendado para você