Clube da Luta

De volta a Fortaleza, árbitro Mário Yamasaki fala de sua expectativa para trabalhar no OX Revolution

Mario Yamasaki é um dos grandes nomes da arbitragem de MMA no mundo. Foto: Edimar Soares/O POVO

Mario Yamasaki é um dos grandes nomes da arbitragem de MMA no mundo. Foto: Edimar Soares/O POVO

Mário Yamasaki está virando uma figurinha carimbada nos eventos de MMA em Fortaleza. Do ano passado pra cá, o paulista, que é o principal brasileiro a atuar como árbitro central no Ultimate Fighting Championship (UFC), trabalhou em três eventos na Capital: Revolução MMA (abril), TUF Brasil 2 Finale (em junho) e OX MMA Event (em agosto).

O 4° compromisso recente no Ceará já tem data marcada para acontecer. Nesta quinta-feira (10), Yamasaki vai arbitrar as lutas principais do Ox Revolution, competição que seria sua 1ª edição a partir das 19h, no ginásio Paulo Sarasate.

E foi sobre a expectativa de atuar nesse evento que o árbitro falou, com exclusividade, ao blog Clube da Luta. “Arbitrar em Fortaleza e em todo Nordeste é sempre muito gratificante porque o público aqui é sempre muito receptivo e o MMA na região vem crescendo a cada dia. Além de termos grandes atletas, os eventos na região estão cada vez maiores e mais organizados o que me deixa muito contente”, analisou.

Yamasaki já arbitrou grandes combates, como a 'Luta do Século' Entre Belfort x Anderson Silva Foto: UFC

Yamasaki já arbitrou grandes combates, como a ‘Luta do Século’ Entre Belfort x Anderson Silva Foto: UFC

Ao fazer um balanço sobre o card de lutas do Ox Revolution, o árbitro – que é conhecido por bordões como “Você tá pronto?” e “Vamos para a luta!”, diz estar convicto que o evento tem tudo para empolgar o público. “O OX Revolution será mais uma edição de sucesso. Com certeza as lutas serão boas com os atletas preparados e toda a organização do evento pronta para atuar”, comentou ele.

Além de arbitrar eventos de MMA no Brasil e no mundo, Yamasaki realiza cursos e seminários de qualificação de arbitragem, onde compartilha seus conhecimentos no esporte. Na avaliação dele, o Ceará hoje possui profissionais bastante gabaritados na área. “Já formei muitas equipes de arbitragem em Fortaleza, através do meu curso. São ótimos árbitros e juízes e isso com certeza engrandece os eventos em Fortaleza. Terei outra edição do curso dias 3 e 4 de maio em Goiânia justamente para atender essa demanda crescente de eventos de MMA em todo o Brasil”, destacou.