Clube da Luta

Preparo físico define combate entre Erick Silva e Matt Brown

Matt Brown dominou Erick Silva no UFC Fight Night 40 | Foto: reprodução/UFC Brasil/Twitter

Matt Brown dominou Erick Silva no UFC Fight Night 40 | Foto: reprodução/UFC Brasil/Twitter

O preparo físico de Erick Silva e Matt Brown definiu o resultado da luta principal do UFC Fight Night 40, realizado no último sábado, 9. Após ter um começo avassalador, o brasileiro cansou e o norte-americano cresceu no combate. Com o gás quase no fim, o atleta da X-Gym foi guerreiro, mas virou presa fácil para o “The Immortal” no segundo e terceiro round.

Erick fez uma ótima apresentação até metade do primeiro round. Acertou um chute na costela de Brown, que acusou o golpe e foi ao chão. Erick não conseguiu aproveitar o momento e faturar o combate. Com Matt no solo, “Índio” grudou nas costas no norte-americano, mas não achou espaço para finalizar. Quando todos achavam que o round terminaria daquela forma, “The Immortal” descobriu uma brecha e se levantou.

Com a luta em pé, Brown desferiu vários golpes violentos em Erick. Cotoveladas e socos no rosto e na linha de cintura minaram o gás de Silva. O brasileiro já havia sentido com o esforço físico produzido para manter Matt com as costas no chão.

O segundo round foi uma cópia da segunda metade do primeiro. Além de dominar em pé, Brown quase finaliza Erick com um triângulo. Com coração de guerreiro, Silva aguentou o massacre na segunda etapa.

No terceiro round, Brown colocou Erick contra as grades, acertou socos, cotoveladas, joelhadas e liquidou o duelo. O norte-americano alcançou a sétima vitória seguida no Ultimate e se juntou a Jon Jones, Renan Barão e Chris Weidman, que são os atletas com as maiores sequencias de triunfos atualmente.

Jon Jones venceu 11 seguidas, enquanto Renan Barão, Chris Weidman e Matt Brown somam sete.

Com a derrota, voltamos ao debate sobre Erick Silva. O brasileiro ainda não se firmou no Ultimate. Seu contrato de sete lutas terminou contra Brown, mas dificilmente não renove com a franquia. Mesmo oscilando, o “Índio” empolga quando entra no cage e, isso, deve render mais um contrato no UFC para o atleta.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ZmeX5gBxIY0&list=UUvgfXK4nTYKudb0rFR6noLA&feature=share&index=2[/youtube]

Recomendado para você