Clube da Luta

Cearense Cachorrão perde por decisão dividida em luta equilibrada no Bellator

Cachorrão encara Vali

Cachorrão encara Valavicius

O cearense Carlos Eduardo Cachorrão fez uma luta parelha contra o lituano Edijus Valavicius na noite deste sábado, 6, no Bellator 121. Depois de três rounds equilibrados, o combate foi parar nas mãos juízes, que deram a vitória por decisão dividida para o adversário do brasileiro. O resultado deixou o atleta da Nova União Ceará visivelmente contrariado.

O primeiro round ficou claro a vantagem de Cachorrão. O cearense quedou o adversário e o atacou em busca de uma finalização. Valavicius conseguiu inverter a posição, mas preferiu abrir mão do ground and pound. Com a luta em pé, Eduardo mostrou evolução na trocação e desferiu alguns golpes perigosos no lituano.

No segundo round, o cearense investiu em quedas, mas não obteve êxito, já que o adversário voltou mais ligado. Especialista na luta em pé, o lituano soltou seu jogo e levou vantagem diante do brasileiro. Porém, no fim do assalto, Cachorrão acertou um cruzado no rosto de Edijus, abrindo um corte profundo próximo ao olho direito do gringo.

Quem vencesse o terceiro round, levaria o combate. O lituano investiu em seu boxe e fez o cearense andar para trás. Mesmo aplicando mais golpes no brasileiro, a maioria não tinha contundência. Quando Cachorrão soltava seus socos, o atleta da Nova União acertava com mais violência o lituano.

O combate de fato, deu margens a várias interpretações. Porém, é mais um duelo para abrir a discussão – o que é melhor: tocar mais o adversário, sem tanta contundência, ou golpear menos, mas com golpes precisos? Na minha opinião, Cachorrão poderia ter levado essa vitória para casa.

Recomendado para você