Clube da Luta

Quatro atletas cearenses têm lutas agendadas no UFC; veja quem enfrenta quem

Diego, Caio, Rony e Thiago tem lutas marcadas. Fotos: UFC/Divulgação. Montagem: Bruno Balacó

Diego, Caio, Rony e Thiago tem lutas marcadas. Fotos: UFC/Divulgação. Montagem: Bruno Balacó

Agenda movimentada de cearenses nesse fim de ano e início de 2015 no UFC. Quatro dos cinco atletas da terra tem lutas confirmadas nos próximos meses. A começar por Caio ‘Monstro’ Magalhães, que já sobe ao octógono neste sábado (8), em Uberlândia.

Em busca de sua 4ª vitória consecutiva, o peso-médio da academia Nova União Ceará enfrenta o americano Trevor Smith, em duelo que pode colocar o cearense no TOP 15 da categoria, em caso de vitória.

Em dezembro, será a vez de Rony Jason marcar o seu retorno no octógono. Vindo de derrota para o americano Robbie Peralta, o cearense, natural de Quixadá, vai tentar sua reabilitação contra o filandês Tom Niinimaki no UFC Fight Night: Machida x Dollaway, no dia 20 de dezembro, em Barueri-SP. Jason, que representa a academia Team Nogueira, parte em busca de sua 4ª vitória na organização.

DOIS CEARENSES NO MESMO CARD

Em janeiro de 2015, quem volta á cena é Thiago ‘Pitbull’ Alves. Recuperado de contusão, o ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios vai encarar o canadense Jordan Mein no dia 31 de janeiro, no UFC 183, que terá como luta principal o duelo entre Anderson Silva x Nick Diaz. Pitbull vem de vitória sobre Seth Baczynski, por decisão unânime, em abril desse ano.

Diego Brandão vem de duas derrotas seguidas e precisa vencer para seguir no Ultimate. Foto: UFC / Divulgação

Diego Brandão vem de duas derrotas seguidas e precisa vencer para seguir no Ultimate. Foto: UFC / Divulgação

O UFc 183 conta em seu card com a presença de outro cearense: Diego Brandão. Campeão da 14ª temporada do The Ultimate Fighter (TUF) americano, ‘DB’ medirá forças contra o norte-americano Jimy Hettes, em choque de pesos-penas.

Diego, que nasceu em Fortaleza e foi criado em Manaus, chega ao duelo pressionado por duas derrotas seguidas, para Conor McGregor e Dustin Poirier. Ambas, sofridas por nocaute técnico no 1° round.

O único cearense que integra o elenco do UFC que não tem luta marcada é Godofredo Pepey, que esteve em ação recentemente, quando finalizou o americano’ Dashon Johnson. A previsão é de que o peso-pena volte ao octógono até o fim do primeiro semestre de 2015.

Recomendado para você