Clube da Luta

Anderson Silva é pego em exame antidoping por uso de anabolizante; Nick Diaz testa positivo para maconha

1169 2
foto: divulgação

Anderson testou positivo para substância proibida | foto: UFC/divulgação

Anderson “Spider” Silva foi pego no exame antidoping. O Ultimate Fighting Championship (UFC) divulgou nesta terça-feira, 3, que o brasileiro testou positivo para Drostanolona no teste para sua luta, realizado no dia 9 de janeiro. O ex-campeão retorno ao octógono no último sábado, 31, com vitória diante de Nick Diaz, após mais de um ano afastado dos combate por causa da lesão na perna esquerda.  Já o americano testou positivo para maconha, em exame realizado após o combate.

O UFC recebeu o comunicado pela Comissão Atlética de Nevada, instituição responsável por realizar os exames de atletas da organização, nos Estados Unidos. De acordo com o Ultimate, mais testes serão conduzidos pela Comissão para confirmar estes resultados preliminares. Drostanolona é um esteroide anabolizante, substância considerada ilegal que causa efeitos de fortalecimento muscular.

+ Anderson Silva ganha mais de R$ 2 milhões por retorno

“Anderson Silva tem sido um excelente campeão e um verdadeiro embaixador do esporte das artes marciais mistas e do UFC. O UFC está desapontado por saber destes resultados iniciais. O UFC tem uma rígida e consistente política contra o uso de qualquer droga ilegal, de alteração de desempenho ou agentes mascarantes, por parte de seus atletas”, disse a organização em comunicado.

Em relação a Nick Diaz, o Ultimate também emitiu uma nota se posicionando sobre o caso. “Como resultado por testar positivo, Diaz foi informado que violou o Código de Conduta do UFC e o contrato com a Zuffa, LLC”. Essa é a terceira vez que o americano é pego em exame antidoping por uso de maconha.

Retorno
O brasileiro venceu Nick Diaz por decisão unânime no UFC 183. Anderson lutou cinco rounds contra o americano e mostrou excelente forma física. Apesar do triunfo, Silva teve que lidar com as críticas sobre o seu desempenho. Nas redes sociais, internautas criticaram a apresentação do ex-campeão. A expectativa de show no octógono, com nocaute sobre Nick Diaz, frustrou alguns fãs que viram o duelo ser definido pelos juízes.

+ Anderson Silva vence Nick Diaz por pontos; Confira os resultados do UFC 183

O americano provocou Silva durante todos os assaltos – em um deles – chegou a deitar no tatame. O presidente do UFC, Dana White comentou o retorno do Spider e revelou que esperava mais do confronto.

A luta não foi como eu esperava. Imaginei ver mais golpes, mais ação por parte dos dois lutadores. Poderia ter sido melhor, mas não vou reclamar”, declarou. Ainda assim, o presidente do Ultimate elogiou o ex-campeão e ressaltou a superação do brasileiro. “Anderson está muito bem para um cara com 39 anos. Quem tem 39 anos sabe que não é fácil fazer o que ele faz. Ele veio de uma lesão terrível e teve pela frente uma luta de cinco rounds, com toda a pressão que existe sobre ele. Não podemos julgá-lo por essa performance. Ele veio bem fisicamente, bateu o peso com facilidade, e em alguns momentos mostrou golpes do velho Anderson Silva”.

*Matéria atualizada às 17h30, de 4 de fevereiro.

Recomendado para você