Clube da Luta

Médico revela conversa com Anderson Silva e defende o brasileiro

Anderson Silva teve o maior salário do UFC 183 | Foto: UFC/Divulgação

Anderson Silva ainda não se pronunciou sobre o doping | Foto: UFC/Divulgação

Anderson “Spider” Silva ficou “desapontado” com a revelação do seu exame antidoping, no qual ele testou positivo por uso de anabolizante. Quem afirma é o diretor-médico da Comissão Atlética Brasileira de MMA (instituição que é parceira do UFC em eventos no Brasil), Márcio Tannure. Em entrevista ao SporTV News, ele contou que conversou com o ex-campeão e defendeu o brasileiro.

“Eu falei com ele ontem (terça-feira) para entender o que aconteceu. Ele realmente está bem chateado, bem desapontado porque afirma não ter usado em momento algum. Eu, particularmente, acredito nele, já que ele tem uma carreira exemplar e nunca passou por uma coisa dessa. Ele está muito desapontado e não está entendendo o que aconteceu. Ele afirma não ter feito uso (de substâncias proibidas). Antes de se pronunciar, ele quer esperar terminar esse processo, que ainda está em andamento para depois fazer um comunicado oficial ou não. Ou até provar que ele é inocente, que eu acredito que é o que vai acontecer”, disse Tannure.

+ Anderson Silva ganha mais de R$ 2 milhões por retorno

O resultado do exame realizado em Anderson Silva é preliminar. O brasileiro ainda pode apresentar uma contraprova. Segundo Márcio Tannure, ainda é cedo para julgar a polêmica envolvendo o Spider, visto que o processo está em andamento. “Essas substâncias podem ficar até oito semanas (no organismo). Mas eu acho que ainda é muito cedo para falar qualquer coisa ou tomar qualquer partido. O processo ainda está em andamento, a própria comissão de Nevada ainda não se manifestou. Ele fez mais dois exames depois disso e pode ter acontecido alguma contaminação, algum erro, algo que é incomum, mas pode ter acontecido. E ele também tem o direito de pedir a contraprova, que pode mostrar isso. Antes de falar qualquer coisa é preciso esperar terminar esse processo que ainda não foi terminado”, contou ele em entrevista.

Ao saber do resultado do exame de Anderson, o UFC divulgou um comunicado. “Anderson Silva tem sido um excelente campeão e um verdadeiro embaixador do esporte das artes marciais mistas e do UFC. O UFC está desapontado por saber destes resultados iniciais. O UFC tem uma rígida e consistente política contra o uso de qualquer droga ilegal, de alteração de desempenho ou agentes mascarantes, por parte de seus atletas”, explicou o Ultimate.

Retorno
O brasileiro venceu Nick Diaz por decisão unânime no UFC 183. Anderson lutou cinco rounds contra o americano e mostrou excelente forma física. Apesar do triunfo, Silva teve que lidar com as críticas sobre o seu desempenho. Nas redes sociais, internautas criticaram a apresentação do ex-campeão. A expectativa de show no octógono, com nocaute sobre Nick Diaz, frustrou alguns fãs que viram o duelo ser definido pelos juízes.

+ Anderson Silva vence Nick Diaz por pontos; Confira os resultados do UFC 183

O americano provocou Silva durante todos os assaltos – em um deles – chegou a deitar no tatame. O presidente do UFC, Dana White comentou o retorno do Spider e revelou que esperava mais do confronto.

“A luta não foi como eu esperava. Imaginei ver mais golpes, mais ação por parte dos dois lutadores. Poderia ter sido melhor, mas não vou reclamar”, declarou. Ainda assim, o presidente do Ultimate elogiou o ex-campeão e ressaltou a superação do brasileiro. “Anderson está muito bem para um cara com 39 anos. Quem tem 39 anos sabe que não é fácil fazer o que ele faz. Ele veio de uma lesão terrível e teve pela frente uma luta de cinco rounds, com toda a pressão que existe sobre ele. Não podemos julgá-lo por essa performance. Ele veio bem fisicamente, bateu o peso com facilidade, e em alguns momentos mostrou golpes do velho Anderson Silva”.

Recomendado para você