Clube da Luta

Boletim Semanal: UFC 187, Weidman carrasco, Super Cormier e ‘Kuduro’ no MMA

Cormier é o novo campeão dos meio-pesados | Foto: UFC/Divulgação

Cormier é o novo campeão dos meio-pesados | Foto: UFC/Divulgação

O UFC 187 acabou, Belfort ficou no quase e Cormier é o novo rei da divisão dos meio-pesados. A semana foi bem intensa, rolou de tudo na última edição do Ultimate em Las Vegas. Chegou a hora de fecharmos mais um Boletim Semanal.

Prometi que publicaria as sextas, mas segunda é um melhor dia para resumir tudo que rolou na semana passada. Assim, podemos discutir também o último evento realizado das organizações. Se você está por fora do que rolou nos últimos dias, é hora de se atualizar!

Brasileiro gosta de cinturão
No Brasil, o lutador brasileiro só serve com o cinturão. Vitor Belfort foi exaltado até a madrugada de sábado para domingo, quando terminou nocauteado por Chris Weidman. O ‘Fenômeno’ começou bem, mas caiu diante dos pontos fortes do americano: wrestling e ground and pound. As críticas ao jogo do carioca são válidas, mas o que vi nas redes sociais foram xingamentos e piadas de quem o apoiou nos últimos dias.

Minha leitura
Belfort teve a chance de matar o jogo no momento que encurralou Weidman nas grades e soltou a metralhadora de socos. Os golpes não foram suficientes para derrubar o campeão. No meu ponto de vista para o caderno de Esportes O POVO, na matéria do parceiro Daniel Santos dedicada ao confronto, disse que Vitor tinha chance se não fosse derrubado nos rounds iniciais, algo que acabou acontecendo.

O ‘All-American suportou a pressão de Belfort e derrubou o veterano. Em seguida, conseguiu montar facilmente. Sim, foi estranho demais ver Belfort passível diante da montada. Qualquer faixa-preta ou faixa-branca sabe que num momento como esse deve – pelo menos – dar a velha barrigada. Era o mínimo. Nesse ponto, Vitor foi horrível. Diante da passividade, Weidman devolveu a saraivada de socos no ground and pound, obrigando o juiz interromper o combate. Depois da luta, o Fenômeno disse que machucou o ombro, justificando a inatividade no chão.

Não duvide de Weidman
Minhas apostas sempre foram a favor brasileiros que enfrentaram Weidman. Depois de Belfort, chega. Atualmente, não vejo ninguém para bater de frente com o campeão na divisão. Sim, também duvido que Jacaré bata Chris. E para quem ainda duvida do potencial de Weidman, ele deixou o seu recado após acabar com Belfort: “Parem de duvidar de mim. Parem de duvidar e entrem para o meu time. É meu último aviso, o último convite que faço”.

Super Cormier!
O gordinho dos meio-pesados derrubou meu palpite. Apostei no Johnson. Acredita que Cormier não suportaria a força do Rumble. Como aquele torpedo no queixo do Cormier não o derrubou? Depois de suportar a pressão, DC dominou AJ com quedas e ground and pound. Cain Velasquez tem amolado perfeitamente o queixo de Cormier. Alguém vai conseguir nocautear DC nesta categoria?

Ninguém segura Cormier!
Mal conquistou o cinturão, Cormier como vai ser o seu reinado. Se preparem para muito trash-talk! Ainda no octógono, após vencer Johnson, Daniel já mandou um recado para Jon Jones.”Jon Jones, toma rumo na vida, estou te esperando!”, disse DC,

Em seguida, na coletiva de imprensa, Cormier provocou Ryan Bader, que estava no local, e por pouco os atletas não entraram em confronto ali mesmo. “Vá embora, Bader! Eu não corri de luta nenhuma. Eu pedi ao UFC que me dessem a luta mais fácil da divisão e eles me deram Ryan Bader! Você é a luta mais fácil da divisão. Vá embora e me dê meu dinheiro, que essa é a minha coletiva de imprensa”.

Veja a confusão no vídeo do site americano MMA Heat:
[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=s1JW0CTbtgg[/youtube]

Luta do ano!
Vai ser difícil tirar o título de ‘Luta do Ano’ do combate entre os pesados Travis Browne e Andre Arlovski. O ‘Hapa’ aguentou três knockdowns e quase apagou Arlovski. Porém, o ‘Pitbull’ não desperdiçou a chance e nocauteou o amigo em pé. Lutaça!!!!

Polêmica entre Hall x Sapo
O duelo terminou em decisão dividida a favor do brasileiro. Um duelo equilibrado, no qual eu vi a vitória para o jamaicano. Mas, acredito que a batalha parelha deu margens para que os juízes dessem o triunfo para Sapo.

Vejam como foi a pontuação dos juízes:

Pontuação da luta Hall x Sapo | Foto: reprodução

Pontuação da luta Hall x Sapo | Foto: reprodução

Danza Kuduro
O sul-coreano Dong Hyun Kim entrou na MGM Arena para enfrentar Josh Burkman ao som de ‘Danza Kuduro’. O asiático venceu o adversário com um katagatame no terceiro round.

Queixos de aço
O UFC 187 promoveu duelos eletrizantes e exibiu atletas com verdadeiros queixos de aço! Merecem este prêmio os lutadores: Daniel Cormier, que suportou a pressão de AJ; Travis Browne, que balançou, mas não caiu diante de Arlovski; e Dong Hyun Kim, o homem do Kuduro, que aguentou duas joelhadas voadoras no terceiro round, antes de finalizar Burkman.

Recomendado para você