Clube da Luta

UFC Goiânia: cearense Thiago Pitbull mostra coração, mas quebra o nariz e sofre nocaute para Carlos Condit

Pitbull foi guerreiro, mas foi castigado pelas cotoveladas. Foto: UFC/Divulgação

Pitbull foi guerreiro, mas foi castigado pelas cotoveladas. Foto: UFC/Divulgação

Uma batalha disputada no mais alto nível da trocação. Assim foi o duelo entre o cearense Thiago Pitbull e o americano Carlos Condit, na luta principal do UFC Goiânia, na noite deste sábado, 30.

Após dois round disputados, o americano levou a melhor. Mas o cearense deu uma aula de bravura e mostrou muito coração ao suportar, com muita personalidade, um festival de cotoveladas de Condit a partir do 6° minuto de combate. Foram pelo menos cinco golpes muito bem conectados que deixaram o rosto do brasileiro bastante feriado e ensaguentado. Condit conseguiu ainda uma bela queda, além de um knock down contundente.

Após um ano parado, Rony Jason retorna com finalização no UFC em Goiânia

Dois atletas brigaram por uma chance de lutar pelo cinturão em breve. Foto: Reprodução/Combate

Dois atletas brigaram por uma chance de lutar pelo cinturão em breve. Foto: Reprodução/Combate

Um das cotoveladas, fraturou o nariz de Pitbull. Motivo pelo qual, do intervalo do 2º para o 3º round, fez a comissão médica do evento dar a luta por encerrado, visando preservar a integridade do atleta.

Apesar do ‘atraso’ que sofreu no 2º round (num claro 10×8 no marcador), o cearense foi superior no primeiro assalto, dominando o centro do octógono e conseguindo boas sequências de chutes baixos e socos no rosto do americano, que suportou bem os golpes e voltou bem mais inteiro para a continuação da luta.

Com a derrota, Pitbull interrompe uma sequência de duas vitórias seguidas e fica mais distante de ter uma nova chance para disputar o cinturão. Situação inversa a de Condit, que já entrou na luta como 4º do ranking dos meio-médios e, com o triunfo expressivo, deve subir alguns degraus e entra no páreo para ser, num futuro próximo, desafiante ao título, hoje nas mãos do americano Robbie Lowler.

Recomendado para você