Clube da Luta

Só há espaço para um campeão: Fabrício Werdum enfrenta Cain Velásquez pela unificação do título dos pesos pesados do UFC

Campeão interino e linear lado a lado. Foto: UFC/Divulgação

Campeão interino e linear lado a lado. Foto: UFC/Divulgação

Fabrício Werdum ou Cain Velásquez? Chegou a hora de decidir quem, de fato e de direito, reinará sozinho na divisão dos pesos pesados do UFC. Os dois atletas sobem hoje ao octógono para protagonizar um duelo atípico no Ultimate, que começa com dois campeões, mas que terminará com apenas um.

O brasileiro Werdum é o campeão interino da categoria e tenta a unificação do seu título, contra o campeão linear da divisão, o norte-americano Velásquez, que está fora de combate desde outubro de 2013, sofrendo com seguidas lesões. O evento tem card preliminar previsto para iniciar às 19 horas (de Brasília). A transmissão será apenas por pay-per-view.

O palco do confronto é bem familiar para os dois lutadores: a Cidade do México. Werdum tem grande identificação e carisma junto ao público mexicano, além do fato de dominar o espanhol. Já Velásquez é filho de mexicanos e se declara representante do país, utilizando bandeiras, lenços e até protetor bucal com as cores da bandeira do México.

No auge de sua forma física e técnica, Werdum hoje é considerado um atleta completo, que mostra o mesmo nível tanto na luta em pé quanto no solo, sua grande especialidade, na condição de multicampeão no jiu-jitsu.

Veterano de 37 anos, Werdum já derrotou lendas do MMA, como Rodrigo Minotauro e Fedor Emilialenko. Desde que retornou ao UFC, em 2012, ele está invicto: são cinco lutas e cinco vitórias. A última, que lhe valeu o cinturão provisório dos pesos pesados do Ultimate, teve um desfecho arrasador, com um nocaute sobre Mark Hunt, atingido em cheio com uma joelhada voadora do brasileiro.

Werdum tem a chance de deixar o Brasil com três cinturões absolutos no UFC, se juntando a José Aldo (peso pena) e Rafael dos Anjos (peso leve).

CAIN FAVORITO

Apesar da falta de ritmo, Cain Velásquez chega como favorito para o combate. O estilo nocauteador do norte-americano é um dos mais temidos e respeitados do mundo das lutas.

O cartel dele também impressiona. Em 14 lutas, foram 13 vitórias (sendo 11 delas por nocaute) e apenas uma derrota, para o brasileiro Júnior Cigano, que na sequência foi derrotado duas vezes por Cain.

No início da semana, o duelo pelo cinturão ganhou contornos de rivalidade depois que o brincalhão Werdum provocou o sempre sério Velásquez, afirmando que seu adversário era um “americano que pensa que é mexicano”. A noite realmente promete para os fãs de MMA.

CARD PRINCIPAL:
Cain Velasquez x Fabrício Werdum
Gilbert Melendez x Eddie Alvarez
K. Gastelum x Nate Marquardt
Yair Rodriguez x Charles Rosa
Tecia Torres x Angela Hill

CARD PRELIMINAR
Henry Cejudo x Chico Camus
E. Escudero x Drew Dober
A. Perez x Patrick Williams
Fco. Trevino x Johnny Case
A. Montano x Cathal Pendred
Gabriel Benitez x Clay Collard
H. Urbina x Albert Tumenov

Recomendado para você